Como driblar a fome no inverno

 

Muitas pessoas já devem ter se perguntado por que sentimos mais fome nos dias frios. A resposta é simples.

Nos dias mais frios, nosso organismo está sujeito a grandes alterações fisiológicas. Nosso corpo vai precisar de mais energia para executar as atividades do cotidiano e para manter sua temperatura normal entre 36º C e 37º C, desta maneira, nosso apetite acaba aumentando.

Nesta época do ano frutas e saladas são praticamente extinguidos dos cardápios e na maioria dos casos, são substituídos por porções de alimentos muito mais calóricos, ricos em açúcar e gorduras.

A substituição desses alimentos pode ser prejudicial à saúde como um todo. Frutas, legumes e verduras são ricos em antioxidantes que auxiliam na renovação celular e previnem gripes e resfriados. A redução no consumo desses alimentos além de deixar o sistema imunológico mais defasado ainda pode comprometer o metabolismo auxiliando a retenção de líquidos, aumentando a sensação de inchaço e a compulsão por alimentos cada vez menos saudáveis.

No inverno, é comum o aumento do consumo de alimentos mais gordurosos aliados a redução da prática de atividade física. Desta maneira, é normal ouvir as pessoas se queixarem de ganhar alguns quilos extras nesta época e quando chega o verão, ficam desesperadas para perdê-los.

Para que isso não aconteça é importante ter consciência dos alimentos que você está ingerindo, independente da época do ano. É interessante saber realizar substituições dos alimentos como, por exemplo, se der vontade de comer um doce, aqueça uma banana ou um mix de frutas picadinhas no forno com canela ou com chocolate 70% cacau e deixe-o derreter sobre as frutas.

Outra dica interessante é fazer o seu próprio chocolate quente, pois geralmente os chocolates quentes encontrados em máquinas prontos para consumo são cheios de gorduras trans e contém excesso de açúcares em sua composição.

Se bater aquela vontade de comer fondue, dê preferência às opções protéicas como carnes e frango ao invés de pães para mergulhar nos queijos e para os doces é interessante utilizar frutas frescas como maçã, abacaxi, kiwi e banana.

No inverno, aposte também nas sopas e caldos. As sopas geralmente dão saciedade e podem ser fontes de diversos nutrientes importantes. Os caldos e cremes possuem ingredientes mais calóricos por isso, devem ser consumidos em dias alternados.

É possível se alimentar de maneira saudável e sem excessos em qualquer época do ano. Basta saber realizar boas escolhas e manter o equilíbrio para não se arrepender quando as estações mais quentes chegarem.

Ana Beatriz Nicoletti é Nutricionista e escreve semanalmente no Acontece Botucatu