Corte no orçamento inviabiliza viaduto em Botucatu

Em abril deste ano o jornal Acontece Botucatu publicou que a crise financeira do Governo Federal poderia inviabilizar a consolidação do projeto de construção de um viaduto para ligar as regiões Norte e Leste (Jardim Cristina ao Jardim Paraíso). Esse fato foi confirmado na manhã desta quarta-feira, pelo deputado federal do PR,  Milton Casquel Monti (foto).

O deputado que fez a emenda orçamentária para conseguir a verba salientou que trabalha para viabilizar esse projeto desde 2009.  Lembra que procurou o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento (na época) e detalhou a necessidade de conseguir verba federal para execução do projeto e ele teria acatado a proposta se comprometendo a liberar a verba. A obra está orçada em R$ 20 milhões.

“Todas as tratativas foram feitas e nossa expectativa era que a construção fosse iniciada ainda no primeiro semestre de 2014, o que não aconteceu e com a crise atual, não se sabe quando a verba será disponibilizada. O corte no orçamento comprometeu não só essa obra em Botucatu como também outras no Brasil. Já sabíamos que não seria fácil, mas não jogamos a toalha e vamos continuar batalhando para conquistar essa obra”, disse Monti.

Deputado salientou que trabalha nesse projeto desde 2009. “O prefeito João Cury me convenceu de que esta era uma obra de fundamental importância para a cidade. Procurei o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento (na época) e detalhei a necessidade de conseguir verba federal para execução do projeto. Ele entendeu, aprovou e liberou. Foi esse o primeiro passo”, lembra o deputado.

Enfatizou que essa obra é uma reivindicação antiga do município e de extrema necessidade para unir dois setores importantes da Cidade, contribuir pelo desenvolvimento daquela região e melhorar a mobilidade urbana e o sistema viário. “Assumi o compromisso de que traria essa obra para Botucatu e não vou desistir”, complementou.

O projeto prevê a construção de um viaduto de 140 metros de extensão para ligar os bairros como Vila Maria, Vila Ema, Jardim Cristina entre outros bairros adjacentes ao Jardim Paraíso, transpondo a linha férrea (antiga Ferroban) e o ribeirão Lavapés, que cortam aquela região da cidade.