Vereadores da 16ª legislatura fazem a primeira sessão ordinária

Na próxima segunda-feira (04) a partir das 20 horas, os vereadores da 16ª legislatura da Câmara Municipal, farão a primeira reunião ordinária depois do recesso parlamentar previsto em lei. São esperadas pessoas ligadas a diferentes segmentos sociais para acompanhar os parlamentares que foram eleitos em outubro do ano passado.

Embora nenhum projeto esteja na pauta da votação, dezenas de proposituras entre requerimentos e indicações irão movimentar o plenário da Casa. Também haverá o Grande Expediente onde os vereadores inscritos poderão fazer uso da palavra por 15 minutos.

Eleito presidente da Câmara Municipal, o experiente vereador Ednei Lázaro da Costa Carreira não terá problemas no comando dos trabalhos, já que foi eleito por cinco mandados e ocupa a presidência da Casa de Leis botucatuense pela terceira vez.

“Claro que nossa experiência parlamentar ajuda, mas a Câmara de Botucatu tem uma equipe de servidores da mais alta qualidade e competência e isso atenua o trabalho da presidência. Esses profissionais tratam todos os vereadores sem nenhuma distinção. Assim também será o meu posicionamento, pois sou presidente dos 11 parlamentares eleitos”, disse Carreira.

{n}Porta de Emergência{/n}

Um assunto que está na pauta dos meios de comunicação do planeta, com a tragédia ocorrida na Cidade de Santa Maria no Rio Grande do Sul, quando dezenas de pessoas morreram asfixiadas por falta de uma porta de saída de emergência, serve para a Câmara de Botucatu guardada, evidentemente, as devidas proporções.

O legislativo botucatuense não conta com uma saída de emergência para uma evacuação segura e rápida ou de entrada para deficientes físicos. Quem entra logo se depara com uma escada de vários degraus. Quando um cadeirante, por exemplo, visita a Câmara tem, necessariamente, que ser carregado escada acima, ou entrar pela garagem do legislativo.

Vale lembrar que um grupo de vereadores dessa nova legislatura já esteve visitando o terreno destinado para a construção da futura sede do Poder Legislativo. A área doada pela Usina Açucareira de São Manuel fica localizada no cruzamento das Avenidas Antônio Jamil Cury e Agostinho José Rodrigues Torres, próximo ao novo prédio do Fórum de Botucatu no Jardim Santa Eliza.