Propositura sugere redução de velocidade em avenidas

Focados em buscar melhorias para o trânsito e para a segurança dos motoristas em Botucatu, os vereadores João Elias (SD) e Luiz Francisco Fontes – Fontão (PSDB) apresentaram, durante a última sessão ordinária realizada na Câmara Municipal, um requerimento onde solicitam uma alteração nas velocidades máximas permitidas em algumas vias da cidade. O pedido foi aprovado pela unanimidade dos demais legisladores.

O documento pede para que a secretaria de Mobilidade Urbana realize estudos para a redução da velocidade permitida nas avenidas: Doutor Vital Brasil, Leonardo Villas Boas, Deputado Dante Delmanto (foto)  e Camilo Mazoni, que atualmente é de 60 quilômetros por hora, para 50 ou até mesmo 40 quilômetros por hora, com o objetivo de proporcionar maior segurança, tanto aos pedestres como aos motoristas que transitam por referidas vias.

De acordo com o primeiro signatário da matéria, vereador João Elias, a mudança efetivaria em Botucatu, uma ideia que deu certo em outros lugares. “Está acontecendo em outras cidades e precisamos repensar a velocidade máxima permitida para essas, que são as mais movimentadas avenidas da cidade. A redução já representou uma diminuição significante no número de acidentes e de vítimas em estado grave nos lugares onde foi implantada”, justifica.

Para o vereador Fontão, o Executivo tem trabalhado bastante em busca de melhorias. “São realizadas importantes obras e ações objetivando disciplinar e melhorar o fluxo, como a construção de rotatória, implantação de redutores de velocidade e semáforos em locais estratégicos, radar móvel, sinalização horizontal e vertical, proibição de estacionamento em horários específicos, entre outras, mas ainda assim, a frequência de registros de acidentes infelizmente ainda é grande”, completa.