Primeiros projetos de 2015 deram entrada no Legislativo

Cinco projetos deram entrada na Câmara Municipal. O primeiro deles, um Projeto de Lei Complementar de iniciativa do prefeito municipal que institui o Plano Diretor de Mobilidade Urbana, define objetivo, políticas, visão estratégica e instrumentos técnicos para o desenvolvimento municipal e dá outras providências.

O segundo projeto, também de Lei Complementar e de iniciativa do chefe do Executivo, redimensiona o Programa Municipal de Pagamento por Serviços Ambientais e cria o Fundo Municipal de Pagamento por Serviços Ambientais.  O quarto projeto, de Lei Complementar e de autoria do prefeito, João Cury, que dispõe sobre a abertura de crédito adicional suplementar à secretaria de Obras.

No quarto, um Projeto de Lei do chefe do Executivo que dispõe sobre a venda de imóvel de propriedade do município e no quinto e último projeto, uma denominação de via pública de autoria dos vereadores Ednei Carreira (PSB) e Izaias Colino (PSDB).