Geraldo Alckmin é reeleito governador de São Paulo

Com 57,31% dos votos válidos, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) foi reeleito, neste domingo, o novo governador do Estado de São Paulo, cargo que ele vai ocupar pela terceira vez. Com a reeleição, o PSDB completará mais de 20 anos à frente do governo estadual.

A vitória do tucano no primeiro turno nunca esteve ameaçada e ele sempre manteve uma distância razoável de seus principais adversários Paulo Skaf (PMDB) que ficou em segundo lugar com 21,53%, seguido por Alexandre Padilha (PT), em terceiro com 18,22%. Na corrida presidencial, Alckmin apoiou Aécio Neves para presidente da República e no cenário estadual fez campanha para o candidato ao Senado José Serra.

Ele assumiu o governo em outras duas ocasiões. Uma em 2001, com a morte de Mário Covas, de quem era vice, voltando ao posto em 2002, quando se reelegeu. Foi candidato à Prefeitura de São Paulo em duas ocasiões, em 2000 e em 2008, e concorreu à Presidência da República em 2006, quando recebeu cerca de 40 milhões de votos. Elegeu-se, novamente, governador em 2010 e reelegeu-se em 2014.

O PSDB também assegurou, através de José Serra, a cadeira paulista no Senado, que somou 58,49% dos votos. A exemplo de Alckmin, desde o início da campanha, Serra sempre se manteve à frente de seus principais adversários: Eduardo Suplicy (PT), que terminou com 32,53 % e Gilberto Kassab (PSD), com 5,94 %.

 

Foto: Divulgação