“Tranquila”, Câmara Municipal retoma os trabalhos

Tranquila. Assim foi a sessão ordinária que marcou o início do ano legislativo em Botucatu na noite desta quinta, 11. Na ordem do dia eram três projetos, sendo que apenas o primeiro foi alvo de interpelação. O PL número 113/2015 – de iniciativa do Prefeito Municipal – que dispõe sobre permuta de imóvel de propriedade do Município de Botucatu com área de propriedade do Senhor Rodrigo Antônio Ezias Grassi. O lote fica em baixo do viaduto Bento Natel, local que prefeitura irá utilizar para construção de um dos ‘’piscinões’’.

O projeto tinha pedido de vista pela Vereadora Rose (PT). Ela pediu para que fosse feita a leitura em plenário. O vereador Reinaldinho fez uso da palavra na votação: “Vou votar favorável, mas apenas pelo morador em questão que não pode pagar por erros da prefeitura. E os demais moradores, terão o mesmo direito? ” Indagou o parlamentar.

O projeto foi aprovado por unanimidade. A próxima sessão ordinária acontece na segunda, dia 15.

Há expectativa quanto a retirada do projeto de Lei nº 79/2015, de autoria do prefeito João Cury Neto, que propõe a venda de um imóvel de propriedade do Município de Botucatu, localizado na Praça Carlos Gomes (Rua João Passos), onde funciona a Guarda Mirim, próximo da Escola Municipal Rafael de Moura Campos. A matéria foi adiada por 30 sessões no fim de 2015 a pedido do vereador Fernando Carmoni (PSDB).