UMA CAMPANHA DE CAUSAR INVEJA

Rubens Almeida
UMA CAMPANHA DE CAUSAR INVEJA 29 setembro 2017

 

Imagem internet/ilustração

Isso mesmo, prezado leitor! Logo no início desta semana, “nóis”, que a duras penas administramos tudo o que acontece aqui nas quatro Casas de Apoio do HC/FAMESP, fomos surpreendidos com uma expressiva doação de mantimentos, produtos de higiene e limpeza e, principalmente caixas de leite longa vida, oriundos de uma dessas campanhas benevolentes que derrubam o nosso queixo.

Integrantes da CITROSUCO S/A AGRO INDÚSTRIA que tem somente na nossa região perto de 25 fazendas de colheita de laranja, tendo à frente a Assistente Social Natalia Olímpia dos Santos – uma das “donas” dessa idéia que “juntou” todos os trabalhadores da empresa, por sinal, todos “catadores” dessa fruta cítrica que balança positivamente o mercado brasileiro – visitou os nossos abrigos e, ao mesmo tempo, nos entregou todos esses donativos. Coisa de cinema!

Simplesmente espetacular saber que pessoas com esse perfil social tem, em seus corações, a ânsia de ser solidário ao próximo. Louvável demais saber que pessoas que “militam na roça” e que sobrevivem mergulhados nas mais variadas dificuldades, conseguiram se unir e destinar à pessoas que sequer conhecem, toda aquela quantidade de produtos.

Não menos elogiável foi a iniciativa da empresa em levar adiante uma idéia nascida entre os seus colaboradores, mas que para atingir todo esse sucesso tinha que ter aval da cúpula da empresa e, pelo que nos foi dito, todos os diretores abraçaram a causa. Parabéns a todos!

A REPERCUSSÃO DO MEU ÚLTIMO ARTIGO
Quando sentei para esboçar o meu texto da semana passada (PROFESSOR, UMA BAITA PRECIOSIDADE QUE NÃO TEM O MENOR VALOR NESTE BRASIL BRASILEIRO!), jamais imaginava que o mesmo fosse ter uma repercussão da grandiosidade que teve. Acredite! Cinquenta e sete leitores chegaram até mim (por WatsApp ou email) tecendo os melhores elogios pela maneira como expus a minha opinião sobre o verdadeiro massacre que a categoria vem enfrentando.

Todos, indistintamente, concordaram com o meu repúdio e foram além, me mostrando fatos verídicos que, infelizmente deixei para trás, como, por exemplo, as agressões verbais que “engolem” dos alunos quase que diariamente.

Pois bem, já que voltei ao assunto quero hipotecar a minha solidariedade a essa classe de trabalhadores que faz toda a diferença neste Brasil norteado por picaretas e, ao mesmo tempo, dizer a todos, especialmente a esses que me fizeram companhia se interando do meu repúdio e dizer-lhes que encaminhei o texto, na integra, ao nobre Senador da República PROFESSOR Cristovam Buarque.

Não tenho dúvidas de que algo de bom vai acontecer a nível Federal aos nossos PROFESSORES, afinal este homem público tem raízes enormes com a nossa educação e, o mais importante, nesses tempos de descrédito dos políticos brasileiros ele é um dos poucos que tem credibilidade em todas as esferas nacionais.

Falando em Brasília, na quarta-feira, 27/09, estive acompanhando o Superintendente do Hospital das Clínicas Doutor André Balbi e o Diretor da Faculdade de Medicina Professor Pasqual Barreti, até a famosa “Capital da Esperança”. Com muita satisfação, por trinta minutos, estivemos reunidos com o Deputado Federal Milton Casquel Monti, nosso representante lá na Câmara dos Deputados e o Senhor Presidente da República, Michel Temer.

O assunto principal foi a grave situação financeira que o nosso HC vem enfrentando por conta do reajuste do teto do SUS não ocorrer a quase uma década. Se Deus quiser, na próxima semana contarei tudo o que aconteceu nessa “prosa” que, não tenho dúvidas, trará mais recursos para o nosso Hospital.

Por fim, quero cumprimentar dois expoentes do professorado “botucudo”; duas figuras que dispensam comentários e que eu não poderia deixar de enaltecê-los pelas histórias que ambos construíram aqui na terrinha: meus amigos Carlos Roberto Corrêa, o querido Robertinho da ASU e o “mestre dos mestres” Valdir Paixão, um profissional que ocupou os mais importantes cargos, na área de Educação do nosso Estado, ora ocupando o posto maior aqui no nosso município, ou seja, Secretário Municipal de Educação.

Rubens de Almeida – Alemão
[email protected]

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento