O PRIMEIRO ANO DO NOSSO PREFEITO À FRENTE DA SOLIDÁRIA E ACOLHEDORA BOTUCATU

Por Rubens de Almeida, o Alemão

“Eta nóis”! O relógio do tempo não para mesmo, né? Passaram-se trezentos e sessenta e cinco dias da data em que o Engenheiro Mario Afonseca Pardini assumiu a responsabilidade de dar continuidade ao projeto de gestão esboçado pelo jovem político (e bastante promissor) João Cury Neto, no final da década passada; um programa de governo moderno e completamente diferente do “administrador” que o antecedeu. Foram doze meses de um trabalho que “chacoalhou” o ego de alguns cidadãos “botucudos” que são contra tudo e, o pior: só “mostram a sua cara” por aqui em momentos de eleições.

Pois bem, o trabalho deste moço que trocou uma situação profissional maravilhosa vivida dentro da SABESP, onde construiu – a duras penas – uma linda história de vida, pois de um simples leitorista de hidrômetro “virou” o Superintendente desta empresa que é referência positiva em todo o Estado de São Paulo, vem recebendo elogios de toda a sociedade botucatuense, tal a sua conduta como gestor do dinheiro público; um jeito bem diferente de um ex-prefeito que se orgulhava em dizer que “cuidava” do dinheiro público.

Por sinal, no inicio do mês de dezembro passado recebi, com muita satisfação, do meu grande amigo André Godinho, colega jornalista bem acima da média, atual Secretário de Comunicação do Município, uma PESQUISA DE OPINIÃO sobre o “dia a dia” do nosso alcaide nos primeiros doze meses de mandato, como ele está gerenciando o nosso município. Confesso que a referida avaliação não me surpreendeu, até porque, conheço há anos o talento desse moço e, fui mais um, que buscou convencê-lo a aceitar tão nobre desafio; evidentemente que fiquei muito feliz com os índices mostrados na consulta.

Aliás, devo confessar também que fiquei muito feliz em saber que este jovem vem “fazendo toda a diferença” em tudo aqui na terrinha; venho escrevendo com muita frequência nas minhas narrativas semanais que este nosso querido Brasil só conseguirá sair desse buraco que nos colocaram, com IDEIAS NOVAS, ou melhor, com um comando jovem, e não esse “viciado” que nos é oferecido eleição após eleição. Graças a Deus que em muitas cidades brasileiras os jovens estão “dando as cartas”, senão…

“Bão”, voltando a falar do amigo Pardini, gostaria, em primeiro lugar, de parabenizá-lo pelo excelente trabalho realizado neste seu primeiro ano de governo e “falar” só de uma das suas muitas obras concluídas aqui nesta cidade que, com as graças DELE, o nosso PAI, não para de crescer e se desenvolver: a pavimentação da estrada que dá acesso ao Bairro da Mina, entregue no último mês de dezembro.

Que “baita” prêmio foi ofertado aos moradores e rancheiros daquele belo e aconchegante lugar, afinal é lá que muita gente, todos os finais de semana busca fôlego para continuar “levando a vida” e, aquele acesso era a “pedra no sapato” de todos que para lá se deslocavam, tamanha precariedade.

Como todos sabem aquela era uma reivindicação antiga de todos, no entanto, tratava-se de um empreendimento de difícil execução por conta dos custos da obra a ser realizada. Que nada! Um bom gestor é tudo. O amigo Pardini não titubeou e fez acontecer o que havia prometido numa das muitas visitas que fez na Mina durante o processo eleitoral: cumpriu a promessa de pavimentar aquilo tudo, e o mais importante, não “entregou” a obra a nenhuma dessas muitas empreiteiras que, no mínimo, nos deixam dúvidas em relação a sua idoneidade. Convocou os seus profissionais da Secretaria de Obras – aliás, um grupo forte, competente e comprometido, bem ao estilo do seu comandante, o meu amigo André Peres – e, sem que ninguém soubesse (nem mesmo eu que estou “ligado” nas coisas da Prefeitura) deu início ao asfaltamento de quase três quilômetros, tudo dentro de um projeto de escoamento de águas e de muita segurança. Ao longo de todo o percurso não faltam placas de sinalizações e muito menos barreiras de contenções de velocidades.

Parabéns, grande “companheiro de estrada” Mário Pardini, pelo excelente trabalho desenvolvido neste seu primeiro ano de atuação na municipalidade. Que Deus, o todo Poderoso continue ao seu lado, nessa difícil missão. “Nóis” aqui, vamos torcendo e, dentro da nossa limitação, contribuindo com este governo tão bom ou melhor do que foi o do nosso amigo João Cury. Sucesso, muito sucesso meu irmão!

Termino este texto no qual tive a grata satisfação de enaltecer um trabalho sério e bem executado “abraçando” carinhosamente outros três jovens prefeitos que estão “bombando” em cidades da região e que, para a minha honra são meus amigos pessoais: Davi Pires Batista (Pratania); Antonio (Toni) Marcos dos Santos (Areiópolis); e  Anderson Prado de Lima, o querido Prado de Lençóis Paulista.

E com carinho imenso, “abraço” também o belo casal de amigos que nesta semana completou 30 anos de casados; uma união muito linda, que deixou todos os seus amigos muito felizes: a vereadora Alessandra Luchesi e José  Luiz de Oliveira, o querido Zezo, um dos gerentes da Caixa Econômica Federal. Parabéns!

 

 

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com