AAB: 99 ANOS DE UMA BONITA HISTÓRIA!

 

A nossa conceituada e sempre admirada Associação Atlética Botucatuense completa, hoje, mais um ano de existência. Fundada por um grupo seleto de botucatuenses, entre eles o renomado “botucudo da velha guarda”, Floriano Nunes (o primeiro Presidente da “veterana”), exatamente, num dia – aliás, feriado nacional – em que “nóis”, brasileiros, celebramos a luta do Mártir da famosa Inconfidência Mineira e maior Patrono Cívico do Brasil, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, esse clube que, num passado longínquo disputou, com muito brilhantismo, os campeonatos de acesso da Federação Paulista de Futebol, não para de crescer e recrutar associados, tanto que, nos dias atuais é considerado um dos maiores e mais completos, complexos esportivos de todo o Estado de São Paulo.

Evidentemente que, ao longo deste feriado de 21 de abril, data, por sinal, magistral para o clube, muitas festividades estão programadas para acontecer lá pelos altos da Avenida Dom Lúcio. Os integrantes da Diretoria comandada pelo jovem Presidente Jânio Gonçalves projetaram desde eventos sociais, como a tradicional seresta mensal que acontecerá no próximo sábado (29/04), até as mais variadas competições esportivas, que ocorrerão das 10 às 17 horas desta sexta-feira (Natação, Karate, Jiu Jitsu e Muay Thay, Futsal, Judô, Voley/Máster); e mais, um sugestivo campeonato de “mentirosos”, ou seja, de truco; algumas apresentações de danças; e muitas atividades reservadas para a família, onde as crianças serão premiadas durante todo o transcorrer do dia, com um “punhado” de brinquedos, bastante pipoca, algodão doce e outras guloseimas que, certamente, farão (e muito) a felicidade da gurizada.

Como associado antigo (há mais de quarenta anos frequento o clube) e um profundo conhecedor de tudo o que sempre ocorreu por lá, aliás, desde os tempos (meados dos anos 70) em que os saudosos Mario Goulart Castanheira, Moacir Fernandes (o maior funileiro que Botucatu já teve), Carlos Mori, Victorio Madarena e tantos outros que, infelizmente, nos deixaram, lutavam arduamente para ver a nossa querida “veterana” trilhar pelos caminhos do sucesso, aproveito a oportunidade para cumprimentar, um a um, todos os associados que ousaram, nos últimos anos, serem diretores deste “baita” clube social e esportivo que é a alegria de todos os botucatuenses. Parabéns a todos! Vocês (todos, indistintamente) são os responsáveis por todo esse desenvolvimento.

“Bão”, por que não falar um pouquinho da atual gestão e do belo trabalho desenvolvido por uma diretoria que tem Jânio Gonçalves; Sérgio “Ché” Fioreto; Dinho Hersbst; Nerval Biral; Luizão Ferrari; Marcio Luque; Antonio Luiz “Italiano” Scapólio; Antonio Carlos da Silva Leite; o jornalista de primeira linha, Erick Facioli; Dú Garcia; Reginaldo Franco de Oliveira; Fernandinho Leciolle; Lourival Ricardo; Paulinho Sérgio Silva; Emerson Parente; André Garcia; Rinaldo “Boiada” Jerônimo que, inclusive, está “arrebentando” no futebol suíço. Acredite, até arrecadação de donativos, como caixa de leite integral, vem acontecendo nos eventos projetados por ele, com a ajuda do meu amigo especial Plininho Genta! Ainda mais, por estarmos vivendo um momento totalmente desastroso na economia nacional, afinal, a “coisa ta braba” demais, como se diz na gíria, o dinheiro sumiu de todos os cantos (parece até que estou ouvindo aquela música da “baianinha”, Gal Costa que diz: “… onde está o dinheiro, o gato comeu, o gato comeu; e ninguém viu, o gato fugiu!…”), e esses nossos representantes não têm deixado a “peteca cair”. Claro que vou “falar”!

Caros “acompanhantes de ouro” das minhas escritas semanais, é notório que o Brasil está tão sem rumo, tão “dominado” por picaretas da pior índole, que todo dirigente de clube social e esportivo tem a noção do quanto está difícil “manter em pé” uma instituição que oferece lazer e a prática de esportes aos seus associados. Ninguém que esteja fora desse meio, tem condições de imaginar as dificuldades que uma potência social e poliesportiva como a nossa querida “associação”, por exemplo, enfrenta, dia após dia, para oferecer um serviço de qualidade aos seus sócios e manter a casa em ordem, especialmente em relação aos seus colaboradores (funcionários) e com a manutenção de tudo o que está à disposição dos seus usuários. Só mesmo quem está à frente de um clube como o nosso, ou de uma instituição filantrópica (tô sofrendo muito para cuidar, com o mesmo carinho de antes, das abençoadas Casas de Apoio do HC), é que pode dizer o quanto, as coisas ficaram difíceis de serem administradas, com os muitos descasos (do tipo roubalheiras) cometidos por esses últimos governos que tivemos nas últimas décadas.

Portanto, caro leitor, num momento desses em que uma agremiação completa quase cem anos de existência (sem dúvidas, uma das mais antigas de todo o Estado, senão do Brasil), é muito prazeroso poder abraçar verdadeiros “guerreiros” que não só estão cuidando do nosso patrimônio, mas também fazendo-o crescer cada vez mais, além, é claro, de nos proporcionar momentos especiais, tanto na diversão, como nas atividades esportivas.

Parabéns meus queridos amigos alvinegros (graças a Deus tenho um vínculo de amizade enorme com todos), pelo alto nível de comprometimento com que vêm dispensando aos mais de cinco mil associados. Parabéns, querida e amada Associação Atlética Botucatuense, esse eterno clube da “Estrela Solitária” mais “paparicado” de toda Botucatu, pelos seus 99 anos de uma profícua existência. Que venha o CENTENÁRIO!

Já que o assunto é cumprimentar, aproveito o “gancho” para abraçar carinhosamente uma pessoa muito especial que, para a minha satisfação, é um acompanhante assíduo dos meus “causos” aqui contados: o bom moço Paulinho Trevizani, filho de um saudoso amigo, que hoje mora no céu e que, na minha adolescência me ofereceu grandes ensinamentos do bem, o inesquecível Silvio Trevizani.

Com carinho idêntico abraço meus amigos, Doutor Dirceo Antonio Leme de Melo e Elias Antunes da Silva, Prefeito e Vice, respectivamente, da cidade de Bofete. Hoje à noite acontece o desfile de aniversário deste município que vem num crescer admirável. Obrigado pelo convite caros amigos.

Parabéns Bofete, terra do meu saudoso amigo “tucura dos bons” Luiz Aparecido “LICO” da Silveira e da família dos meninos Cury, João e Fernandinho Cury, pelos seus 137 anos de fundação.

 

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com