Onça capturada no Jardim Cedro em Botucatu recebe atendimento no Cempas e passa bem

 

A Onça resgatada no Jardim Cedro na manhã deste sábado, dia 08, foi levada ao Cempas (Centro de Medicina e Pesquisa de Animais Selvagens) na FMVZ/Unesp e passa bem. Trata-se de um macho adulto, que aparentemente não apresenta ferimentos.

As médicas veterinárias Cristianne Dantas Freirias e Luna Scarpari Rolim fizeram o atendimento inicial no local, junto aos Bombeiros e Polícia Militar Ambiental. O animal será solto em seu habitat assim que forem divulgados os resultados de exames laboratoriais.

A ocorrência foi uma ação eficiente entre Bombeiros, Cempas e Polícia Ambiental. Todas as equipes passam por um treinamento para este tipo de resgate envolvendo Animais selvagens.

“Todos os anos o CEMPAS realiza cursos de treinamento para resgate de animais em situações de risco. Todo o pessoal que estava hoje na ocorrência recebeu treinamento, o que garantiu o sucesso da operação”, disse ao Acontece Botucatu Cristianne Dantas Freirias, Médica Veterinária do Cempas.

Relembre o caso

O Corpo de Bombeiros foi acionado na manhã deste sábado, 08, por moradores do Jardim Cedro, que encontraram uma onça parda dentro de uma residência na Rua João Carlos Gonçalves. O Acontece esteve no local e acompanhou o resgate.

Em uma ação integrada entre CEMPAS (Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens da Unesp), Polícia Ambiental e Bombeiros, o animal foi sedado para poder realizar o resgate. Segundo informações das equipes que trabalhavam no local, trata-se de um animal adulto, que foi atingida por um dardo tranquilizante.

A rua foi isolada para minimizar os riscos aos populares que acompanhavam o trabalho de resgate da onça, que provavelmente chegou até o local vinda da região da Demétria, através da mata do Rio Pardo.

Segundo os moradores, um fato estranho durante a noite é que os cachorros da vizinhança latiram muito, de forma incomum. “Eu sai com o cachorro cedo e ele começou a latir muito, até achei que fosse um gato, mas quando vi era era onça, que assustou e se escondeu na casinha do cachorro”, disse ao Acontece Botucatu Ademilson José da Silva, morador da residência.

A onça foi levada ao CEMPAS, onde deve passar por avaliação veterinária e se não estiver ferida, será solta em seu habitat natural. Segundo a Polícia Ambiental, houve uma queimada na região, o que pode ter tirado o animal da mata.