Vereador cogita Ceagesp de Rubião Jr. para eventos

O presidente da Câmara Municipal de Botucatu, vereador Ednei Lázaro da Costa Carreira (PSB) apresentou na última sessão ordinária da Câmara Municipal, dois interessantes requerimentos, que foram aprovados pela totalidade dos demais vereadores. No primeiro deles, a solicitação é pela construção de uma passarela na região das empresas encarroçadoras de ônibus e o segundo é pela inclusão de uma importante área como patrimônio do município.

O pedido pela passarela vem depois de o presidente tomar conhecimento de que dezenas de funcionários das empresas Caio e Irizar se arriscam diariamente atravessando a pista da Marechal Rondon no momento do encerramento dos turnos de serviço. “Já existe um radar instalado naquela região, mas o fluxo de veículos que transita pela rodovia diariamente é muito grande. O risco que esses motoristas correm é muito alto e por isso vamos solicitar que sejam analisadas todas as possibilidades de se construir uma passarela no local”, afirma Carreira.

O segundo requerimento encaminhado pelo presidente da casa diz respeito a uma grande área que hoje está abandonada no distrito de Rubião Júnior. “Como todo mundo sabe, em Rubião temos uma área imensa que permanece muitos anos ociosa, que é onde funcionava a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (Ceagesp). Nossa ideia é incluir essa área no patrimônio do município, para que o local possa abrigar grandes eventos municipais”, comenta.

Carreira defende que a área atenderia uma demanda muito grande existente em Botucatu. “Nossa cidade ainda mantém a tradição de realizar grandes festas cívicas e religiosas e necessitamos há muito tempo de um espaço que possa abrigar festas populares, feiras e exposições. A região do Largo da Catedral já não comporta mais esse tipo de atividade. Os transtornos sempre são grandes e a opção pelo Ceagesp é extremamente interessante”, concluiu o presidente.