Audiência Pública é sugerida para discutir PS Municipal

O início do funcionamento do Pronto Socorro Municipal, instalado na Vila Assunção (foto), poderá ser discutido em uma audiência pública na Câmara Municipal. Isso é o que pretende os vereadores Lelo Pagani (PT), Professor Nenê (PSB), Abelardo (PV) e Carlos Trigo (PT).

Eles assinam juntos uma propositura já encaminhada ao Executivo Municipal com a finalidade de debater os problemas daquele PS que foi construído na gestão do então prefeito Mário Ielo e ainda não foi inaugurado, por problemas técnicos. “O objetivo dessa audiência é discutir com a população qual o rumo do atendimento prestado ? população pelos diversos setores da Saúde, em especial a situação do PS Municipal”, frisa Abelardo.

O prefeito João Cury atribuiu a não inauguração do PS em razão dos vários problemas estruturais que foram detectados na construção e isso fez com que a construtora responsável fosse acionada para resolver os problemas. Isso gerou uma discussão entre os vereadores de situação e oposição ao governo na Câmara

“Da maneira como foi deixado pelo governo anterior, não havia a mínima possibilidade do PS entrar em funcionamento. A obra foi muito mal construída e isso foi verificado por todos os vereadores desta Casa. Por isso, foi necessário refazer tudo o que estava mal feito, gerando esse atraso. A previsão é que o PS seja inaugurado em fevereiro do ano que vem”, observou Tavares.

Lelo Pagani salienta que a idéia da audiência pública não tem o intuito de tecer críticas ao governo. “O que queremos é discutir a situação da Saúde no Município, tendo como um dos focos principais o PS Municipal”, frisou Pagani.

No requerimento que solicita a Audiência Pública, os parlamentares destacam a importância da participação de representantes de diversas entidades da Saúde de Botucatu, como Secretaria Municipal de Saúde, Unesp, Unimed, Associação Paulista de Medicina, Hospital Regional Sorocabana, Conselho Municipal de Saúde, Santa Casa de Misericórdia Botucatuense, Centro de Atenção Integral ? Saúde (Cais) ‘Cantídio de Moura Campos’, entre outros.

Foto: Jornal Acontece Botucatu