UM ABRAÇO CHAMADO SOLIDARIEDADE

 

Eta “nóis”! Sábado que passou, por sinal um dia todinho ensolarado, típico para um “encontro com o nosso bem viver”, fui mais um dentre os inúmeros botucatuenses que trocaram as horas de lazer, para abraçar uma causa que já, há alguns anos, vem fazendo toda a diferença neste mundo chamado SOLIDARIEDADE: O MC DIA FELIZ.

Esse evento de grande repercussão, tradicional em todo o país, muitíssimo bem projetado pelo Instituto Ronald McDonald que visa repassar, integralmente, a quantia obtida com as vendas de lanches BIG MAC, durante todo o transcorrer de um dia inteirinho, aos diversos hospitais espalhados por todo o país, mais uma vez foi sucesso absoluto.

Aqui na nossa querida “CIDADE DOS BONS ARES E DAS BOAS ESCOLAS”, outra vez, os organizadores encontraram na comunidade botucatuense, em especial, na Famesp – Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar, um “parceiro de luxo” e nos veículos de comunicação da terrinha, fortes aliados no desencadear dessa “obra” que vem ajudando (e muito) o setor de Oncologia Pediátrica do Hospital das Clínicas.

Aliás, dias atrás, a administração do Hospital Estadual, onde atualmente funciona o setor de Quimioterapia do nosso HC, apresentou ao público, as poltronas adquiridas na campanha do ano passado. Foi coisa de cinema ver a beleza e a importância daqueles modernos estofados no dia a dia das crianças que passam, horas e horas, por procedimentos médicos.Como disse no início deste “conto”, tive a grata satisfação de trocar o meu descanso de todo final de semana, no aconchegante Bairro da Mina, para estar ao lado de grandes amigos e participar dessa verdadeira festança.

Presenciei a realização de um “passeio ciclístico” no qual o objetivo dos participantes era, exatamente, chamar a atenção da população para que aderissem à campanha. Acompanhei bem de pertinho o belo trabalho de jovens cidadãs que ofereciam camisetas da campanha a todos que se aproximavam das barracas montadas no pátio externo do Mc Donalds e, por fim, fui fazer a alegria de muitas crianças que sequer imaginavam um dia comer esse “badalado” lanche denominado BIG MAC.

Lamentavelmente não pude abraçar três grandes amigos que também vieram participar dessa maravilhosa corrente do bem, mas que chegaram próximo das treze horas: meus amigos, Milton Casquel Monti, representante de toda a nossa vasta região na Câmara dos Deputados; Fernandinho Cury, nosso “articulador” de tudo na Assembléia Legislativa do Estado e o “menino de ouro”, João Cury Neto, que vem administrando, com maestria, nossa querida Botucatu, nos últimos anos; no entanto soube através do também amigo Douglas de Almeida, eficiente Consultor do Mc, que a presença dos três “chacoalhou” demais todo o ambiente, enquanto permaneceram “chapeiros” por lá.

Nesse mesmo dia, o nosso grupo, com a ajuda de alguns parceiros (Beto Salomão; Donizeti Manzini; Carlos Gamero; Nelsinho Lopes; José Geraldo Batista da Silva, o Geraldinho da Aquário; Sidnei Antonio da Silva; Juvenal Benito; Chiquinho Serrão; Doutor Mario Colombeli; Fernando Azanha; os colegas da Diretoria da ASU; o Marcão do Posto Universitário de Rubião Junior e muitos outros) que, de maneira louvável, contribuíram duas vezes numa mesma “empreitada”, ou seja, compraram 260 lanches e destinaram os recursos para o Hospital e os referidos “sanduíches” para o nosso grupo. Fizemos festas (das boas) com a criançada de três “cantinhos” especiais da nossa cidade, ou melhor, com a gurizada de dois grandes projetos educacionais de bairros carentes (Rubião Junior e Residencial Santa Maria) e com a nossa “turminha” das casas de apoio da FAMESP. Foi “bão” demais! Valeu a pena trocar o descanso com a família, pelo “feliz” cansaço da participação nesta ação.

Como “voluntário de carteirinha” e cidadão que aprecia muito todo ABRAÇO que traz vida e bem estar geral a todos, confesso que não tenho outra coisa a fazer, senão parabenizar todos aqueles que fizeram parte desse “abraço” chamado SOLIDARIEDADE. Primeiramente, os diretores desta empresa (Mc Donalds) que já “carimbaram” nos seus anais, o “badalado” SELO DO BIG MAC, como símbolo de ajuda às nossas crianças portadoras de câncer. Que glória!

Com idêntica admiração envio todo o meu carinho a um cidadão do bem, que nunca mediu esforços para integrar causas do bem: meu amigo Paulinho Nogueira, “dono” aqui na cidade, de duas franquias, onde pelo menos uma vez ao ano, bomba SOLIDARIEDADE.

Por fim, os meus cumprimentos aos diretores da FAMESP que escolheram um “moço do bem” para representá-los nessa missão que tem muito a ver com os propósitos e compromissos sociais dessa Fundação que cada vez mais se consolida, meu amigo Augusto Albano. Esse moço, além da competência no exercício das suas representações, ainda consegue agregar muita gente na execução dos seus bons intentos sociais; e, a todos os meninos e meninas, funcionários do MC, que “ralaram” muito para produzir, num único dia, milhares de lanches, um “big” parabéns!

Quero aproveitar toda a alegria vivida durante a realização desse evento marcante para nós, botucatuenses, afinal temos aqui nesta acolhedora cidade, um hospital referência no tratamento dessa terrível doença, para enviar o meu abraço fraternal a três ilustres pediatras, componentes do quadro de especialistas do nosso Departamento de Pediatria da FMB, que “arregaçaram as mangas” para que este projeto conseguisse todo êxito: meus amigos Doutores Antonio Rugulo Junior, Lyed Pereira Mendes e José Roberto Fioretto.

Meu carinhoso abraço desta semana é endereçado, exclusivamente, a duas figuras maiúsculas da nossa sociedade, que aniversariam neste mês e que, para minha alegria, são companheiros assíduos dos meus intentos sociais: meus amigos Fernando Borgato (28/08), o “home” grande da RESIPLAN e o colunista dos colunistas botucatuenses, Rodrigo Amat Scala,  que apagará velinhas no próximo dia 8. Parabéns, queridos irmãos!

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com