SHOW DE ILUSIONISMO ENCANTA ROTARYANOS E PROMOVE RESTAURAÇÃO DA BRINQUEDOTECA NA UNESP

Prezado leitor, enquanto o povo vai às ruas para protestar contra uma série de abusos cometidos por pessoas ligadas ao alto escalão do Governo Federal (algo me diz que tem gente grande, eleita por nós, “atolada” até o pescoço em escândalos), aqui na nossa sempre acolhedora “CIDADE DOS BONS ARES E DAS BOAS ESCOLAS”, a população também deveria ir às ruas para aplaudir a união de forças em prol do bem.

 Refiro-me a uma ação conjunta – que deveria servir de exemplo para os tais picaretas travestidos de políticos, que usam o poder para juntar quantias astronômicas de dinheiro sujo, ou melhor, para desviar dinheiro dos cofres públicos – que novamente fez a diferença no projeto que visa, unicamente, amparar uma unidade hospitalar que preza (e muito) o bem-estar das nossas crianças: a Enfermaria de Pediatria do Hospital das Clínicas.

Fantástica! Simplesmente espetacular! Assim posso dizer que foi a estratégia dos presidentes dos cinco Rotary da cidade (Vagner Rosa – Rotary Clube de Botucatu; Caio Henrique Paganini Burini – Rotary Clube Botucatu Norte; Sonia Maria Delgaudio Torrecillas – Rotary Clube Botucatu Bons Ares; Claudinei José Machado – Rotary Clube Botucatu Cidade Alta e José Sérgio de Carvalho – Rotary Clube de Botucatu Cuesta), que, com apoio irrestrito da Governadora Distrital Assistente Vanderli de Fátima Ferrari, do Rotary Clube Bons Ares, promoveram na noite da quinta-feira 12 de março, no bonito auditório do Colégio La Salle, gentilmente cedido pela administração desta respeitável instituição de ensino do município, um evento em benefício da restauração da BRINQUEDOTECA da Pediatria do HC.

Primeiramente, o cerimonial “abriu alas” para a apresentação do comunicador Rafael Somera, até como forma de abrilhantar ainda mais o evento. De maneira atraente e esclarecedora ele conquistou a atenção dos presentes ao fazer colocações interessantes e “pra” lá de verdadeiras, enfocou, inclusive, com muita propriedade, a importância da modernidade científica que envolve o ser humano. Ao final o moço foi muito aplaudido pela platéia.

Em seguida foi a vez da conferência do “Mágico de Deus” como é carinhosamente chamado pelos amigos mais próximos, o menino Mauro Dias. Muita gente – claro que a grande maioria, componentes do quadro associativo desses importantes clubes de serviços, juntamente com seus familiares – teve a oportunidade de assistir uma palestra magnífica (O CICLO DO SUCESSO) magistralmente proferida por esse “menino de ouro” que só mesmo ELE, o nosso PAI, consegue explicar tamanho talento.

A apresentação desse garoto humilde, que contou ao público (o auditório estava completamente tomado) não só sobre a sofrida infância que amargou junto dos seus dois irmãos e a mãe Dona Amélia (uma verdadeira leoa), vivida na cidade de Cândido Mota; a “recepção” que tiveram ao chegarem “fugidos” a Botucatu, quando teve a sorte de encontrar pessoas especiais que o acolheram e lhes proporcionaram um horizonte mais claro; mas, principalmente, sobre o início da sua trajetória como palestrante, ocorrida na cidade de Lins, onde a sua mulher Keila (parceira decisiva em tudo) foi importantíssima num momento difícil que, inesperadamente, abriram-se caminhos positivos que o levaram rumo ao sucesso. Hoje ele vem percorrendo o Brasil inteiro e já tem agenda até para o exterior.

Apesar da tristeza que norteia fortemente as suas colocações, em alguns pontos elas chegam a ser até engraçadas diante da simplicidade e elegância com que o seu “sofrer” chega aos convidados. Foi o quê aconteceu naquela noite: uma linda e emocionante história de vida e, mais ainda, uma busca muito mais forte do que um desejo, foi deixado, em forma de mensagem, ao público presente.

“Bão”, quando chegou o momento do tema principal se iniciar, a palestra O CICLO DO SUCESSO, considerada “Show da Vida” no Rio Grande do Sul e recorde de público no Estado do Tocantins, o “palco quase caiu”. De cara, o “menino mágico” impressionou a todos, por sinal até os microfones parecem ter ficado inquietos, tanto que, ao longo da palestra, eles insistiram em não funcionar.

Um ilusionismo de primeira (coisa linda de se ver!) produziu encantamento absoluto. A habilidade, o dom da oratória causou espanto em muita gente – esse palestrante (um rotariano que orgulha toda sua comunidade) que um dia, quase desistiu de ser um “mensageiro” da arte motivacional e que, como ele bem disse no seu pronunciamento daquela noite: “… a vontade, o querer são os princípios mais claros e verdadeiros para se conquistar qualquer vitória…”, simplesmente “arrebentou”. No desfecho, o público presente o aplaudiu em pé. Coisas que somente ocorrem em situações nas quais o personagem principal, de fato, representa algo bem acima da média.

Parabéns grande Palestrante Mauro Dias, pela intensa aula ofertada a todos aqueles que, inicialmente, tiveram o intuito de “abraçar” uma causa do bem, e contribuir com o propósito do bom funcionamento da BRINQUEDOTECA da Enfermaria de Pediatria.

Como cidadão botucatuense e profundo participante de qualquer evento filantrópico que traga melhoramentos aos mais necessitados, abraço carinhosamente o jovem funcionário da FAMESP – idealizador das melhorias que agora poderão ser concretizadas – Elioci Gomes de Souza, lotado no Pronto Socorro Pediátrico, que se interessou em procurar caminhos para os efetivos “reparos” na bela e aconchegante “casinha de brinquedos” das crianças internadas no HC.

Outra maravilha que merece ser registrada é a ação social desenvolvida paralelamente à venda dos ingressos. A organização solicitou que cada participante fizesse a doação de um litro de leite longa vida. O resultado? Muitas caixas de leite acabaram doadas à PAJULA – Pastoral da Juventude Lassalista, uma entidade ligada ao Colégio La Salle, coordenada pela Professora Nilcea Arruda, que presta relevantes serviços sociais a instituições assistenciais do município.

Também não tem como deixar de elogiar a postura do jovem palestrante que, por várias vezes, teceu agradecimentos à FAMESP (Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar), em especial ao seu Diretor Presidente Professor Doutor Pasqual Barretti.

Muita gente não sabe, mas esse grandioso talento iniciou sua bonita caminhada, levando a sua mensagem aos alunos das escolas da rede pública do município, através do programa de Prevenção ao uso de Drogas, denominado “A MELHOR SAÍDA É NÃO ENTRAR”. Esse “baita” programa atingiu aproximadamente vinte mil pessoas, entre crianças e adolescentes e, há muito tempo, vem tendo o respaldo da FAMESP na sua execução.

Feliz e realizado, sobretudo por que Deus, lá atrás, propiciou-me a chance de também abraçar esse menino, orgulhosamente como filho, quero cumprimentar algumas pessoas especiais, com as quais curti algumas horas preciosas naquela noite: a ilustre Governadora Distrital do Rotary Professora Michiko Sakate, filha do meu saudoso amigo Eyzaburo Yanaguizawa; os professores Minoru Sakate e Roberto Sogaiar; a eficiente Assistente Social Emilia Dotta; o simpaticíssimo colunista social Rodrigo Amat Scala, o grande Paulinho Góes da Revista UP Cuesta e os casais de amigos, Alessandra Luchesi e Zezo de Oliveira, e Márcia e Edgar Paim.

Com carinho idêntico, abraço dois jovens amigos que também são “admiradores” de campanhas solidárias e que, para minha alegria, acompanham os meus artigos semanais; Guilherme Galvani, filho do casal de amigos de longa data, Angélica e Rubens “Binho” Galvani e Ronald Anderson “Guigui” de Oliveira.

 

Rubens de Almeida – Alemão

alemao.famesp@gmail.com