MUNICIPALISTA FESTEJOU OS SEUS 53 ANOS DE VIDA COM A VINDA DO “ROUPA NOVA”

A Rádio Municipalista de Botucatu, que sempre buscou reunir seus ouvintes na Praça do Bosque, bem em frente à sede da emissora, por ocasião da comemoração de seu aniversário, desta vez inovou e festejou mais um ano de sua existência, no ginásio da Associação Atlética Ferroviária – AAF (que, embora poucos saibam, leva o nome do “Super Zé”, José Maria Rodrigues Alves, campeão mundial da Copa do Mundo de 1970), na noite de sexta-feira que passou com um show do renomado grupo musical brasileiro “ROUPA NOVA”.

As mais de 4 mil pessoas que lotaram, por completo, todas as dependências do ginásio do tricolor botucatuense (com muito saudosismo, lembrei-me do amigo Plínio Paganini, “construtor” dessa maravilha), tiveram o privilégio de curtir, por quase duas horas, com muita alegria, esses fenômenos da Música Popular Brasileira. Além dos inúmeros sucessos da banda: Dona; Linda Demais; Tímida; Retratos Rasgados; Começo, meio e fim; Os corações são iguais; A metade da maçã e muitos outros, um lindo clipe com participações especialíssimas de outros nomes da MPB como Milton Nascimento, Padre Fábio de Melo, Sandy, integrou o repertório ofertado ao público.

Foi simplesmente maravilhosa a apresentação desses artistas (Serginho, Nando, Kiko, Kleberson, Ricardo e Paulinho), nascidos no Rio de Janeiro, que estão juntos e fazendo sucesso por onde passam, há quase quatro décadas e que, nos dias atuais, são considerados os cariocas mais famosos do mundo. Evidentemente que todos são fantásticos, porém, o talento do baterista Serginho Herval, continua fazendo a diferença na banda. O “cara” é “bão” demais! Ele é a voz que “chacoalha” corações, sem dúvida alguma.

Durante o show, por sinal, muito bem produzido, com uma acústica impecável e um jogo de luzes extraordinário, a bonita trajetória da banda – que também fez história nas novelas da televisão brasileira e, em especial, nos tempos em que verdadeiras corridas de Fórmula 1 elevavam o nome do país, com o inesquecível ídolo Airton Senna – foi à tona. Claro que o famosíssimo “Hino da Vitória” (lembram-se?) também “balançou” de maneira emocionante toda a estrutura do ginásio “José Maria Rodrigues Alves”.

Enfim, quem esteve na Ferroviária naquela noite, voltou para casa repleto de satisfação, afinal, não é sempre que Botucatu promove shows dessa grandeza, ainda mais se tratando de uma banda com prestígio internacional como o “ROUPA NOVA”.

Parabéns, Rádio Municipalista, a conceituada “Rádio do Povo”, por seus 53 anos do serviço de excelência oferecido à cidade. Um forte abraço a todos os profissionais que se dedicam, dia após dia, ao fortalecimento e credibilidade da nossa querida “Rádio do Povo”.

Parabéns, querido irmão Vanderlei dos Santos, por ofertar à nossa gente uma noite tão grandiosa como a de sexta-feira, 15 de maio, aliás, uma data mais que especial para você, dia em que, junto da sua outra metade, a simpaticíssima Roseli

Maria Dallaqua dos Santos, comemoraram 33 anos de uma bonita e abençoada união. Que Deus continue os abençoando.

 

 

A FESTA DOS 66 AMIGOS ANGARIOU UM “PUNHADO” DE CESTAS BÁSICAS

 

 

Não menos bonito foi o churrasco de confraternização que “juntou” no ginásio II da Ferroviária, 66 amigos com seus familiares, para festejar o meu aniversário e, ao mesmo tempo, reforçar uma união visando a sequência de um programa social que, há mais de vinte anos, vem sendo desenvolvido pelo Grupo de Amigos Voluntários, em grande parte da periferia do nosso município.

O lado forte da comemoração, como de costume, consistiu em ser brindado com cestas básicas de alimentação, solicitadas a cada um dos amigos convidados, no lugar do presente que tradicionalmente um aniversariante recebe. Só que uma simples festa que era para acolher 66 amigos, transformou-se num evento majestoso que recepcionou mais de duzentos convidados. Que alegria! Quanta satisfação!

O Ginásio do tricolor ficou pequeno diante de tanta alegria que “rolou” solta por lá o dia inteiro. Tudo agradou em cheio os presentes. Desde o suculento churrasco (teve até um “costelão” da “hora” preparado pelo amigo Lobinho) servido com uma fartura de arroz, salada, maionese, farofa; muitas (muitas mesmo) “redondinhas” e músicas sertanejas das boas, até a apresentação da dupla Gonçalo Neto & Alfredinho (meus afilhados), tudo aconteceu magistralmente. Por sinal esses talentos desse gênero musical que está em alta no país, lançaram o seu primeiro CD. Glória!

Muita gente importante, entre elas, o meu grande amigo Milton Casquel Monti, um dos parlamentares mais atuantes na Câmara dos Deputados; o Doutor Antonio Luiz Caldas Junior, vice-prefeito; Professor José Carlos Souza Trindade, eterno Reitor da UNESP; um “montão” de amigos, secretários do governo municipal; meus amigos Pasqual Barretti e Antonio Rugulo Junior, presidente e vice da FAMESP, e outros tantos me honraram com sua presença e ainda proporcionaram a chance de, juntos angariarmos um “punhado” de cestas básicas. Nada poderia ser mais encantador! Não posso me esquecer do pessoal dos “retratos” (Rodrigo Scala. Márcia Pain, Paulinho Goez e Danilo Ramos) que deram um brilho, ainda maior, a essa verdadeira festança familiar. Obrigado pelo carinho, estimados amigos!

Enfim, quis Deus que outra vez, eu tivesse a felicidade de “juntar” toda a minha preciosa família e, ao lado do meu amigo irmão Donizeti Manzini (outro aniversariante do dia) poder soltar a voz e cantar com a minha turminha, o tradicional “Parabéns a Você”. De novo pude perceber que a cantoria pouco interessa aos convidados; o quê de fato, tem um peso enorme nas festas de aniversário continua sendo o bolo. Eta “mulherada” pra gostar de bolo!

Muitos amigos me abraçaram para que essa festa fosse tão emocionante. Peço licença aos queridos leitores para, de um jeito bastante carinhoso, agradecer um a um a todos. Obrigado pela força, caros amigos, Edmir “Índio” Fábio, Romildo Peres, Joãozinho Fábio, Murilão, Manoel Antonio, Augusto de Jesus Alves, Alemão Paranaense, Irineu Alves da Costa, Francisco Elenilson Silva, Wilson Cristofano, Pedro Bernardo de Oliveira e Leandro “Lobinho” José Garcia Lobo.

Como não agradecer os amigos funcionários da Associação Atlética Ferroviária, muito especialmente o Presidente João Francisco Chávari que, mesmo depois de um evento monstruoso (o show do “ROUPA NOVA”) que reuniu muita gente, entregaram o espaço todinho arrumado para esse encontro. Se Deus quiser, no ano que vem estaremos juntos novamente na festa dos 67 amigos.

Ao fim de mais um “conto” semanal envio um forte abraço a uma das pessoas mais ilustres e solidárias aqui da terrinha, que está se recuperando de um problema de saúde lá no nosso Hospital das Clínicas: meu grande amigo e parceiro João Santini, o sempre carinhoso e atencioso João do Ipê. Fé, muita fé meu irmão! Já, já, você estará bem e fazendo aquilo que mais gosta: trabalhar, mesmo porque, ELE, o nosso PAI, jamais abandona o seu bom filho.

Também, com muito carinho abraço todos os integrantes do Colégio La Salle, em especial a Professora Nilcea Arruda, Coordenadora da PAJULA – Pastoral da Juventude Lassalista e todos os alunos daquela valorosa Instituição de Ensino. Acredite! As Casas de Apoio da FAMESP receberam, na semana que passou, a título de doação, mais de uma tonelada de alimentos. Mantimentos oriundos de mais uma gincana realizada pela gurizada Lassalista. Que “baita” exemplo de cidadania!

Com o coração pulsando mais forte, abraço também todos os 39 funcionários do Hospital Sorocabano que, neste mês, com as graças de Deus e o comprometimento de alguns cidadãos do bem, diretores da FAMESP, tiveram os seus direitos reconhecidos. Depois de muita conversa entre os diretores da Fundação, do Poder Público e com aval do Ministério Público, todos foram efetivados no quadro de servidores da FAMESP. Que bênção! Parabéns a todos.

 

Rubens de Almeida – Alemão

alemão.famesp@gmail.com