IV CONCERTO DE PIANO PROMOVIDO PELO ROTARY REUNIU EXPRESSIVOS TALENTOS

Sempre que algo extraordinário ocorre nessa minha vidinha passageira, de imediato utilizo uma expressão popular que demonstra a dimensão da satisfação sentida: “eta nóis”!

Dessa vez, a mínima frase, para mim, cheia de significados, foi ainda mais impactante, pois, foi grande o privilégio de assistir, ao lado de amigos como o Doutor Roberto Vaz de Piesco, Milton A. Ribeiro e o eterno vereador “botucudo” Valdir Duarte Florêncio, um evento beneficente diferenciado que reuniu parte dos “Pianistas de Botucatu” numa audiência muito especial. “Eta nóis”, que contentamento!

Na noite do dia 18, o charmoso e aconchegante Teatro Gino Carbonari, localizado nos altos da acolhedora “Vila dos Médicos”, foi palco do IV Concerto de Piano, “Pianistas de Botucatu”, cuja renda foi destinada ao Núcleo Assistencial Joana D’Ângelis, e uniu vários mestres da música erudita em uma belíssima apresentação.

Além disso, num dado momento do espetáculo, os presentes tiveram a felicidade de se deleitarem com a bonita apresentação da Orquestra Jovem de Sopros dessa importante instituição assistencial do nosso município, que num passado não muito distante, foi projetada pelo saudoso Doutor Roberto Andreucci. Com as graças DELE, o nosso PAI, essa beleza de projeto não para de crescer e continua fazendo a diferença no populoso bairro do Jardim Brasil.

Talentos como os professores da saudosa FCMBB- Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu, Francisco Habermann, Luigi Vercesi, Jayme Toledo Piza e outros da terrinha (Naomi Vercesi, Maria Amélia Blasi Toledo Piza, Marcelo Simões Mendes, Oswalda Pacheco, Priscila Fesrnades, Hérick de Almeida Souza, Inara Ferreira, Vital Walter de Oliveira Filho, Márcia Veiga Klar, Maria Helena Blasi Trevizani) por pouco mais de duas horas, fizeram a alegria de uma platéia que, ao final de cada apresentação mostrava, através de aplausos, toda a exultação diante do autêntico e valioso “encontro de artistas”.

Obviamente que todos os pianistas conseguiram agradar ao público presente, afinal, as “aulas” de piano (todas, indistintamente) ocorreram em alto estilo; no entanto deu para perceber que a encantadora atuação em equipe da Orquestra comandada pelo respeitável Regente Daniel Pádua, transformou-se na “bola da vez” da noite. A amostragem dos artistas do “Joana D’Ângelis” foi simplesmente maravilhosa, digna de todos os elogios.

Aliás, soube, através do amigo Claudemir Ferreira, um “boleiro” da velha guarda, outro integrante desse grupo talentoso, que faltam recursos para a sustentação dessa maravilha que cativa a todos nós. Claro que levarei adiante as mensagens recebidas, principalmente, aquela que envolve os diretores da FAMESP (outra instituição que preza muito pelo desempenho desse tipo de projeto) e, mais ainda, também farei chegar ao conhecimento de outra referência positiva na política paulista (o Deputado Estadual Doutor Fernando Capez) a necessidade de ajuda do Governo do Estado na manutenção e num crescimento ainda maior desse “baita” programa. Com certeza o Doutor Capez (que já auxilia inúmeras instituições assistenciais em nossa cidade) será um grande aliado dessa entidade.

Enfim, mais uma vez, tive o prazer de assistir um verdadeiro encontro de “feras” que compõem o cenário cultural local. Gostei (e muito) de tudo o que vivenciei no elegante teatro. Como cidadão desta sempre solidária “CIDADE DOS BONS ARES E DAS BOAS ESCOLAS”, não me resta alternativa a não ser, parabenizar o ROTARY CLUB BOTUCATU (senão o maior, um dos maiores clubes de serviços do município), por tão sublime iniciativa. Também, de um jeito bastante especial, agradeço um rotariano atuante e meu amigo de longa data (Professor Luigi Vercesi) que me proporcionou toda essa satisfação. Parabéns a todos pelo sucesso alcançado.

Meu carinhoso abraço desta semana é endereçado a outro pioneiro da nossa saudosa FCMBB: o Doutor Antonio Carlos Cicogna, meu amigo de décadas e o mais novo Presidente da Arte Cultura da Faculdade de Medicina. Com certeza, de agora em diante, serão realizados grandes projetos culturais na nossa Faculdade de Medicina.

Com o mesmo carinho, abraço outro expoente do dia a dia no Educandário “Joana D’Ângelis”: meu amigo, leitor dos meus “causos” semanais e admirador incondicional das minhas atribuições com vistas a um mundo melhor e mais justo: Doutor José Nelson Moreira de Andrade.
Não tem como deixar de abraçar outro amigo que, inclusive, está aniversariando nesta sexta-feira, 24 de agosto: o querido Doutor Milton Flávio Lautenschlager, um dos maiores urologistas do país. Parabéns pelo aniversário grande companheiro.

{n}Rubens de Almeida – Alemão
alemao.famesp@gmail.com