DE FATO, BOTUCATU MERECE SEMPRE MAIS…

Há muito tempo venho percebendo que a população botucatuense – talvez, pela iniciativa de alguns radialistas populares que prezam pelo amor ao próximo – vem imprimindo sua marca de solidariedade em tudo o que diz respeito aos mais necessitados; nunca deixam de atender, aos apelos das campanhas que os veículos de comunicação empreendem quando o assunto são as dificuldades de sobrevivência que muitos dos nossos irmãos enfrentam neste país injusto e desumano.

“Falo” isso porque, ao longo dos meus dias, tenho me deparado com as mais variadas situações. Ora pelas circunstâncias desastrosas ocasionadas pela força da natureza e, que, consequentemente, acaba por castigar a nossa gente; ora por que somos pegos de surpresa com a notícia de que uma família, desesperada pela situação que enfrenta, sequer consegue encontrar caminhos para pedir “socorro”.

Caro leitor, não foram poucas as vezes que, com o coração aberto, tive a coragem de agradecer e, principalmente, de enaltecer a postura da nossa gente nas ações filantrópicas desenvolvidas pelos cidadãos comprometidos com o bem estar social.

Entretanto, hoje não vou falar de nenhum desses simples munícipes que me fazem companhia em todas as situações de desespero que juntos enfrentamos (graças a Deus, não são poucos) e sim, da postura de um jovem político que está conseguindo por em prática, aos poucos, todas as suas promessas de campanha.

Com muita alegria, tomei conhecimento, através da imprensa botucatuense, que o menino João Cury Neto (um garoto que teve a ousadia de fazer uma coligação considerada arriscada e duvidosa por muitos “babacas” da política local, mas, que para “alívio” de todos, tem feito a diferença em nossa cidade) entregou, no último dia 21 de abril, mais de 400 casas populares a nossa gente, a maioria delas para cidadãos que viviam com seus filhos em barracos e em situação subumanas.

Simplesmente magnífica mais esta conquista; aliás, essa maravilha, pela sua relevância, conseguiu até ofuscar, um pouquinho, o brilho de outro projeto voltado para o bem da nossa gente, que era aguardado, com muita ansiedade por toda a cidade: a inauguração do Pronto Socorro Regional, outra “pérola” advinda do esforço do nosso prefeito que, sem sombra de dúvidas, é do agrado de todos.

Pena que existem pessoas “influentes” dentro do nosso cotidiano, que se dizem contrariados com a atuação do novo Pronto Socorro, somente pelo fato de que lá, também, serão atendidos pacientes da nossa vasta região; como se só nós, botucatuenses, fôssemos filho Dele, o dono do Universo. Quanta aberração!

Evidentemente que eu gostaria de continuar falando mais sobre a importância do funcionamento desse novo PS Regional, ainda mais, sabendo que lá, muitos profissionais com os quais desenvolvemos um trabalho, sem politicagem, e voltado, unicamente, para o bem comum (meus colegas servidores da UNESP e FAMESP) estão prestando um serviço de extrema qualidade; no entanto, o meu comprometimento desta semana é falar de moradias, este tema que, por si só dispensa comentários de qualquer ordem. Ter uma casa para morar é ter uma enorme felicidade e, principalmente, dignidade.

Ilustre Prefeito Municipal lembro-me com muita satisfação, do dia em que, ao lado de todo o seu “time”, nas suas apresentações por todos os bairros em que percorria, o senhor citava um slogan muitíssimo interessante, em troca do possível apoio recebido: BOTUCATU MERECE MUITO MAIS! Aquele gesto, claro que pela sua seriedade – afinal, de bobo, o povo não tem nada – certamente sensibilizou muita gente, daí, a sua maiúscula vitória nas urnas.

O tempo foi passando, e de “camarote”, fiquei vendo o “barco passar”. Apesar de toda a desconfiança que permeia esses momentos de promessas e promessas continuei torcendo para que tudo desse certo, afinal, sempre acreditei na lisura dos seus juramentos.

Agora, bem ? vontade, abro o meu coração, não só para aplaudir esse exemplo de político que é o jovem Prefeito botucatuense (é muito complicado elogiar um político neste país “movido” por tantos picaretas), mas, principalmente, para cumprimentá-lo pela elegância que teve em abraçar uma causa tão significante como essa que premiou mais de quatrocentas pessoas com um “novo” cantinho para morar, ou melhor, que ofereceu a todos esses nossos irmãos um “lar de verdade”, um espaço todo seu.

Parabéns, querido amigo João Cury Neto, por tanta dedicação ? frente do Executivo e por tanto êxito em suas persistências em favor do povo. Mesmo que continue deparando durante a sua caminhada com essa meia dúzia de picaretas que tentam, a todo custo, denegrir a sua imagem, continue cumprindo as suas metas. Em nossa cidade ainda tem muita gente “residindo” em locais sem o mínimo de dignidade.

Com muita satisfação envio um abraço bastante carinhoso a duas pessoas que acompanham semanalmente as minhas inspirações nesta coluna: meus amigos Romeu Francisco Henrique e a simpaticíssima senhora Terezinha Emiliano.

Com o mesmo carinho, abraço todo o pessoal da Transportadora Aquarium, em especial o amigo Geraldinho, que naquele lindo Dia de Tiradentes, transportaram diversas famílias com suas mudanças ao mais novo recanto da municipalidade: o Parque Residencial Santa Maria I.

{n}Rubens de Almeida – Alemão
alemao.famesp@gmail.com {/n}