BASE DA POLÍCIA MILITAR É INAUGURADA EM RUBIÃO JUNIOR

Na tarde do último dia 16 de agosto, uma importante parceria entre a Administração Geral da UNESP, Campus de Botucatu e o 12º Batalhão da Polícia Militar do Interior, acabou concretizada com a inauguração da nova Base de Policiamento Comunitário do Distrito de Rubião Junior.

Muitas autoridades civis, militares e representantes da sociedade local prestigiaram esse importante acontecimento que, com certeza, trará muito mais segurança ? comunidade unespiana, bem como, a toda população desse “cantinho” maravilhoso da nossa cidade.

Como funcionário antigo da Instituição UNESP – aliás, tive o privilégio de acompanhar bem de pertinho todo o crescimento que a nossa “Faculdade” vem tendo, desde os tempos da saudosa Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu – parabenizo o Professor Doutor Sérgio Swan Müller, digno Presidente do Grupo Administrativo do Campus. Primeiramente, por abraçar uma causa dessa magnitude e, principalmente, pela excelente gestão que vem realizando como “prefeito” desse grandioso complexo da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Pena que o “relógio do tempo” passa muito depressa; com esse exímio empreendedor não foi diferente, tanto que o seu mandato de dois anos já está por se encerrar.

Outra figura de destaque na sociedade botucatuense, presente nessa solenidade, também é merecedor de todos os nossos elogios. Trata-se do Capitão PM José Semensati Junior, Comandante da 1ª Companhia do 12º BPM I. Poucos sabem da importância desse brilhante profissional nas discussões entre os dirigentes unespianos e da Polícia Militar para a concretização desse intento que premia agora, não só uma enorme camada da população botucatuense, mas todos aqueles que se deslocam até o nosso Hospital das Clínicas, diariamente, ? procura de socorro.

Não tenho dúvida nenhuma de que o funcionamento dessa Base 24 horas por dia colocará fim a uma autêntica “farra do boi” (como diz o ditado), que costumeiramente ocorre em nosso campus e, mais ainda, colocará atrás das grades, muitos delinquentes que perambulam pelo campus e causam prejuízo a muita gente.

Sobre a solenidade de inauguração em si, não tem como deixar de lado algumas preciosidades que vivenciamos naquele evento. Evidentemente que o descerramento da Placa e a tradicional benção religiosa nos chamaram a atenção, no entanto, os primorosos discursos proferidos pelo Comandante do 12º BPM I, Tenente Coronel Cezar Francisco Toma e pelo Professor Doutor Sérgio Swan Müler, somados ? s palavras ditas pelo jovem Prefeito João Cury Neto, abrilhantaram sobremaneira aquela cerimônia inaugural.

“Nóis” que, com muita honra “subimos” até ao palco como convidado, não temos outra coisa a fazer senão parabenizar todos aqueles que se abraçaram em prol de uma maravilha desse porte e torcer para que o Comandante do Pelotão Tenente Lucas Fernando de Freitas Nascimento, responsável pela segurança daquela área (outro defensor ferrenho dessa parceria) ofereça, juntamente com seus comandados, um serviço de qualidade a nossa gente.

Também, de um jeito bastante especial, cumprimento o meu colega de diretoria na Ferroviária, Carlinhos Winckler, atual Diretor Administrativo do GAC, grande articulador dessa “sociedade” selada entre a UNESP e a Polícia Militar e, mais ainda, por acompanhar lado a lado, com muita competência, todo o desenrolar da reforma executada no espaço destinado ao antigo Posto Policial.

Ah, soube que a nova sede da 1ª Companhia do 12º BPM I está sendo projetada para ser construída no Campus da lindíssima “Fazenda” Lageado. Os primeiros encontros entre o Diretor daquela Unidade Universitária, Professor Edivaldo Domingues Velini, o Tenente Coronel Toma, o Capitão Semensati e o menino João Cury já ocorreram; pelo que conhecemos desses cidadãos, com certeza, logo, logo, participaremos de outra inauguração.

Meu tradicional abraço desta semana, lamentavelmente, será direcionado em forma de homenagem póstuma. Quis Deus que outro grande amigo nos deixasse para ir morar no céu ao lado do nosso Pai.

“Nóis”, que gostamos de contar “causos” aos nossos leitores, mais uma vez, ficamos enfraquecidos e sem entender os mistérios que nos cercam nesta vida passageira. Desta vez quem partiu para continuar “enviando a sua mensagem” através do jornal, lá no céu foi o entusiasta, polêmico, aguerrido defensor da moralidade, e, acima de tudo, dono de um contingente enorme de admiradores, Jairo Bursaca, o moço do Jornal “O Rolo”.

Querido amigo, que Deus, o Protetor do Mundo o receba com todas as glórias merecidas por um grande filho e mais, que ELE reserve todo o espaço necessário para que, junto do inesquecível amigo Mirandinha, você possa continuar “contando” por aí, tudo aquilo que, com muito amor você “contou” por aqui. Até qualquer dia, grande companheiro.

{n}Rubens de Almeida – Alemão
alemao.famesp@gmail.com {/n}

{bimg:9412:alt=interna1:bimg}