Você já observou que a vida é constituída de ciclos?

Quando um ciclo termina, um novo ciclo começa. A natureza nos ensina isso.

Observe os animais, a gata, por exemplo.


Quando seus filhotes ainda são pequenos, ela lhes dedica quase todo o seu tempo, amamentando-os, ensinando-lhes a arte de pular, de caçar, de se defender.


Esse é o período em que ela passa toda a sua experiência a seus filhotes, defendendo-os com unhas e dentes e, se for necessário, dando a própria vida por eles.

Mas chega o momento em que a gata começa a vê-los de uma maneira diferente. É como se ela soubesse que eles cresceram e estão preparados para enfrentar o mundo sozinhos, fazendo suas próprias escolhas. Nesse momento na vida da gata encerrou-se um ciclo para dar inicio a um novo.

Ela já não estará mais preocupada com aqueles filhotes, pois sabe que sua missão está cumprida e deverá partir agora para novas atividades que farão parte de sua vida.

Assim também é nossa vida, constituída de ciclos: quando um termina, outro se inicia.

No entanto, para que os ciclos possam seguir-se um ao outro naturalmente, precisamos respeitar o tempo de cada coisa.

Pare agora e observe os ciclos de sua vida. Descubra aquilo de que você precisa se desamarrar para permitir que se inicie um novo ciclo.

Se algum ciclo de sua vida já terminou, não insista em mantê-lo, pois uma nova fase irá começar.