Vigilância diz que Macaco morto encontrado na Serra de Botucatu não tem ligação com a Febre Amarela

Apenas um primata foi encontrado na Serra

A Vigilância Ambiental encontrou no domingo, dia 21, um macaco morto na região da Serra de Botucatu. O fato causou certa preocupação de início, mas foi descartada qualquer ligação por doença ou surto.

O primata foi encontrado no sábado, 20, por motociclistas que faziam trilha pelo local. Assim que avistaram, entraram em contato com a VAS.

No dia seguinte uma equipe se deslocou até o local para verificar a situação do animal. Nesta terça-feira, dia 23, imagens circularam grupos de whatsApp, o que causou certa preocupação, desnecessária, segundo a Vigilância.

Exames ainda serão feitos, mas é improvável que tenha ligação com a Febre Amarela por alguns motivos. Primeiro pelo corpo do primata estar em um avançado estágio de decomposição e segundo por não haver mais primatas mortos no local. A epidemia de Febra Amarela se configura quando uma comunidade inteira ou alguns exemplares de espécies aparecem mortos, o que não aconteceu neste caso.

Macaco encontrado em Botucatu

Pelo estado em que se encontra o corpo do macaco, não foi possível determinar sua espécie, mas é provável que seja um bugio ou macaco prego, segundo a VAS. O Acontece Botucatu entrou em contato com a Vigilância em Saúde Ambiental de Botucatu para saber sobre o caso.

“Não é nada preocupante. Só há um primata morto no local e ele pode ter morrido de várias formas, como todos morrem. Segundo que não há mais macacos mortos na região. Quando há uma epidemia ou contaminação, vários animais seriam encontrados. Então não há motivo para pânico”, disse ao Acontece Botucatu o Supervisor de Serviços de Saúde Ambiental e Animal,Valdinei Campanucci.

Macaco não transmite vírus

É importante dizer que macacos não transmitem a doença. Os primatas são os principais hospedeiros do vírus, mas os únicos vetores de transmissão são os mosquitos. A morte de primatas é extremamente prejudicial ao equilíbrio ambiental, motivo pelo qual as pessoas não devem matar ou perseguir primatas.

Botucatu está fora da cobertura vacinal da Febre Amarela

Botucatu em dia com a vacina, diz Prefeitura

A cidade não precisará da aplicação da vacina neste momento. Procurado por nossa reportagem, o Secretário Municipal de Saúde, Dr. André Spadaro, disse que a cobertura vacinal do município é alta, isentando Botucatu na vacinação emergencial.

“Em Botucatu a cobertura vacinal de Febre Amarela é muito elevada. Fizemos a intensificação no início 2017, quando houve um surto em Minas Gerais.  Botucatu é área de vacinação permanente e está no calendário regular”, disse Spadaro ao Acontece Botucatu.

Para quem nunca tomou a vacina, pode procurar qualquer posto de vacinação sem a necessidade da campanha. Quem já tomou uma dose, está protegido, não havendo a necessidade de reforço. Recentemente a Secretaria de Municipal de Saúde disse que Botucatu está fora do mapa de vacinação da doença.