Vigilância Ambiental captura enxame de abelha africanizada na Demétria

Ilustração

A Vigilância Ambiental em Saúde capturou na noite da última sexta-feira, 15, um enxame de abelha africanizada, que estava no forro de uma edificação no Bairro Demétria. A ação foi realizada no período noturno, pois é quando as abelhas não estão ativas e pode ser remanejado com segurança por profissionais capacitados, como os agentes de combate as endemias da VAS.

O enxame foi encaminhado para o setor de apicultura do Lageado. Só nesta semana foram mais de 30 ocorrências envolvendo enxames de abelhas, de acordo com informações da Vigilância.

O que fazer caso se depare com um enxame?

-Mantenha a calma;

-Não aplique veneno;

-Não utilize fogo e/ou fumaça para remover o enxame;

-Entre em contato com a VAS para avaliação e providências.

A VAS atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, através do telefone 3813-5055. Após este horário, finais de semana e feriados, o plantão da VAS será acionado através da Guarda Civil Municipal (199).

Somente serão removidos enxames de abelhas africanizadas que estão oferecendo riscos à saúde pública. Os enxames em locais de difícil acesso serão encaminhados para o Corpo de Bombeiros. Não serão removidos enxames de abelhas nativas sem ferrão: arapuá, jataí, entre outras.