Vacinação em massa: Botucatu imunizou 5,2 mil pessoas contra a covid no sábado, 22

Ação em Botucatu ocorreu em dois pontos distintos

Foto Acontece Botucatu

Botucatu aplicou neste sábado, dia 22, um total de 5.269 doses da vacina Oxfod/AztraZeneca na sequência do estudo clínico da Fiocruz. As doses eram para as pessoas que não se imunizaram no último domingo, 16, e que preencheram o formulário que ficou disponível no site da Administração Municipal durante a semana.

O número apresentado corresponde aos dois pontos, Ginásio Paralímpico, ao lado do Ginásio Municipal de Esportes, no Bairro Alto, e Complexo Esportivo Heróis do Araguaia, no Jardim Iolanda. A ação ocorreu entre às 8h00 e 17h00.

Esta foi a terceira ação da vacinação no município. No domingo, chamado de “Dia D”, de acordo com a prefeitura, 66.730 moradores de Botucatu foram imunizados. Nesta semana, 2.400 estudantes da Unesp que residem na cidade receberam as doses da vacina.

Eram esperadas 8,5 mil pessoas, número de cadastros realizados pela Prefeitura. A administração deverá entrar em contato nos próximos dias com as pessoas que receberam a confirmação do cadastro, mas não puderam se imunizar por estarem ainda dentro do período recomendado de quarentena ou da aplicação de outras vacinas.

Todo o processo teve o acompanhamento e auditoria realizadas pelas Forças de Segurança do Município (Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar), OAB Botucatu, Justiça Eleitoral, Ministério Público e Tribunal de Justiça de São Paulo.

A vacinação em massa em Botucatu faz parte do projeto de estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca, Universidade de Oxford e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), elaborado pela parceria entre a Prefeitura, Ministério da Saúde, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, e Fundação Gates. A pesquisa quer mapear o sequenciamento genético do vírus na cidade com as várias cepas circulantes.

Veja também 

Moradores de Botucatu com sintomas gripais precisam autorizar o sequenciamento genético