Professor da FMB lança livro sobre Alzheimer em parceria com jornalista

O médico geriatra e professor do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) Alessandro Ferrari Jacinto lançou no final de 2017 um livro redigido em parceria com uma jornalista. A obra “Alzheimer – A doença e seus cuidados”, da Editora Unesp, reúne dados técnicos e explica, de forma acessível, diferentes aspectos da doença.

Apresentação da obra

Este é um livro de histórias reais que a gente escuta cada vez com mais frequência em rodas de amigos e mesmo em conversas com desconhecidos. Relatos que invariavelmente começam com queixas sobre falhas de memória e seguem para o diagnóstico que ninguém quer ouvir: é Alzheimer.

É também uma obra com dados técnicos de qualidade, que explica, de forma acessível, essa doença que representa 65% dos cerca de 47,5 milhões de casos de demência no mundo e afeta 13% das pessoas com mais de 65 anos e 45% da população acima de 85 anos. Um livro que oferece informações sobre o diagnóstico, o tratamento e as necessidades do doente.

Informa também como estimular a memória dele e preservar a realização de suas atividades básicas. Ao reunir histórias de pacientes, famílias e cuidadores, este trabalho do geriatra e professor Alessandro Ferrari Jacinto e da jornalista Marisa Folgato (filha de mãe doente de Alzheimer) extrapola as informações médicas e a resignação diante de uma doença que ainda não tem cura.

Essas pessoas que enfrentam o Alzheimer com coragem dividem com o leitor sua luta para que o paciente se sinta bem e compartilham saídas que encontraram para facilitar-lhes o dia a dia: dicas de higiene, alimentação e decoração para tornar o ambiente seguro; sugestões de divisão de tarefas e responsabilidades para quem cuida do doente; orientações sobre aspectos legais e internação ou não do paciente. Um livro para entender a doença e ajudar a cuidar da pessoa com Alzheimer.

Saiba mais em: http://editoraunesp.com.br/catalogo/9788539307050,alzheimer

Sobre o Alzheimer

Doença degenerativa e progressiva que acomete, principalmente, idosos. Há perda de capacidades de raciocínio, julgamento e memória, tornado os acometidos dependentes em suas atividades diárias. A doença de Alzheimer é a causa mais comum de demência, sendo responsável por aproximadamente 65% dos casos.