Movimento é tranquilo nos pontos de vacinação para reforço em idosos contra a Covid em Botucatu

 

A movimentação é tranquila na manhã deste sábado, dia 11, nos pontos de vacinação para dose de reforço contra a Covid em idosos. Um grande esquema foi montado para a ação, sendo que estão atuando profissionais da saúde, funcionários públicos e voluntários.

O público estimado para a dose de reforço é de 12 mil pessoas com 60 anos ou mais. No total são 22 pontos, sendo eles:

– Presencialmente, até às 18 horas, nas Unidades de Saúde do Centro (Espaço Saúde, ao lado do SAMU), da Cohab 1, Jardim Cristina, Cecap, Vila Jardim, São Lúcio, Vila dos Lavradores, Vila Ferroviária, Jardim Iolanda, Jardim Aeroporto, Cohab IV, Real Park, Santa Maria, Marajoara, Comerciários, Caimã, Boa Vista (CS1), Rubião Júnior e Vitoriana;

– Drive-thru, até às 18 horas, na Fazenda Lageado (entrada pela portaria da Rua Dr. José Barbosa de Barros), na Avenida Projetada (Avenida do Fórum de Botucatu) e na Avenida Rafael Serra (atrás do Ginásio Municipal de Esportes).

Quem pode tomar?

A vacinação em idosos neste sábado é exclusiva para os seguintes casos:

-Aqueles que tomaram a 2ª dose com a vacina Coronavac há mais de 3 meses

-Aqueles que tomaram a 2ª dose com a vacina Astrazeneca há mais de 6 meses

Todos deverão respeitar os seguintes horários:

Das 08 às 09h30: idosos com 85 anos de idade ou mais;
Das 09h30 às 12 horas: idosos entre 75 a 84 anos;
Das 12 às 15h30: idosos entre 70 a 74 anos;
Das 15h30 às 18 horas: idosos entre 60 a 69 anos;

Profissionais do comércio residentes em outros municípios, que terão no dia 11 a data para receberem a 2ª dose da vacina, também poderão comparecer ao drive-thru.

Os cidadãos deverão comparecer aos locais portando documento de identificação (RG, CNH ou Passaporte), CPF, comprovante de endereço e a carteirinha comprovando o recebimento de duas doses ou da segunda dose em Botucatu, ou o comprovante digital nos aplicativos do Poupatempo ou ConecteSUS.

Veja também

Botucatu vacina até este sábado funcionários da indústria e comércio residentes em cidades vizinhas