Levantamento aponta que Botucatu já fez quase 600 exames de COVID-19

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu informou neste domingo, dia 19, que no período de 31 de março a 17 de abril foram realizados 591 exames de COVID-19. Esse número deve aumentar durante esta semana.

Os trabalhos são feitos no Laboratório de Biologia Molecular do Hemocentro. Até agora foram 48 resultados positivos, com uma porcentagem de 8,1%. Há outros 12 exames solicitados no sábado, dia 18, que ainda aguardam resultados.

Na última quarta-feira, dia 15, Botucatu começou a fazer testes PCR na comunidade para pessoas que apresentem sintomas gripais. Em boletim, a Prefeitura de Botucatu afirmou ontem que os 22 primeiros resultados testaram negativo para coronavírus.

Antes os testes eram feitos apenas em pacientes internados no HC e Unimed. Um convênio entre Prefeitura, Hospital das Clínicas, Famesp e empresas da cidade, resultou em 20 mil testes para a cidade de Botucatu durante o enfrentamento da pandemia.

Equipes estão testando pessoas que entraram em contato com a central coronavírus em cinco pontos de Botucatu (Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro). Há agendamento em postos de saúde para a coleta dos exames.

Os trabalhos também contam com equipes domiciliares, pelo menos três no início, número que pode aumentar com a demanda. Pessoas acamadas, idosos e com dificuldade de locomoção receberão em casa a visita de uma equipe.

O telefone da central coronavírus em Botucatu é 3811-1519.

Veja também

Primeiros testes feitos na comunidade em Botucatu dão negativo para coronavírus