HC de Botucatu registra o maior número de pessoas internadas na UTI desde o início da pandemia

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) atualizou suas principais informações referentes à COVID-19. Neste domingo, dia 04, a autarquia registrou uma ocupação de 110% em seus leitos de UTI.

Isso significa que, além dos 40 leitos de UTI/COVID disponíveis no HC, mais quatro leitos estão ocupados por pacientes covid positivo. O total de 44 pacientes é o maior número já registrado desde o início da pandemia na autarquia.

“O número de pacientes internados é maior do que o número de leitos disponíveis para covid-19 por seguirmos cumprindo o nosso compromisso em promover assistência a todos os pacientes que precisam do HC neste momento”, diz nota do HC.

No dia 18 de março, quando começou a operar com 40 leitos, a ocupação era de 90%, ou seja, com 36 pessoas internadas na UTI. Relembre aqui

O pico de internações ocorre pouco mais de duas semanas após os novos leitos serem colocados em funcionamento. Na enfermaria são 71 pessoas internadas, sendo que a capacidade é de 70 leitos.

Altas

Nas últimas 24 horas, uma alta de paciente com diagnóstico confirmado de COVID-19 foi registrada no HCFMB. Trata-se de um homem de 49 anos, morador de Botucatu.

Segue abaixo tabela atualizada com número de pacientes internados (casos suspeitos e confirmados) em enfermarias e UTI do HC, além das altas e óbitos confirmados, desde o início da pandemia.