Botucatu atinge o menor índice de letalidade por Covid-19 desde o início da pandemia

Botucatu está entre as melhores nos rankings de letalidade e mortalidade da pandemia

Médias nacional, estadual e municipal de letalidade

Botucatu alcançou esta semana sua menor taxa de letalidade durante a pandemia do novo coronavírus. Os números foram obtidos pelo Acontece Botucatu junto a um levantamento da Secretaria de Estado da Saúde.

A taxa de letalidade se refere aos óbitos dentro do número de casos confirmados no município. Na última quarta-feira, dia 19, esse número era de 1,78%. Esse índice já chegou a 7,55% entre final de abril e começo de maio, conforme gráfico no final do texto.

Neste cenário, Botucatu está entre as dez menores taxas de letalidade do estado. Trata-se de um número ainda abaixo da média estadual (3,82%) e nacional (3,21%).

Segundo o último boletim coronavírus de Botucatu, divulgado na noite desta sexta-feira, 21, o município tem 1662 casos confirmados desde o início da pandemia, em meados de março. Infelizmente são 29 mortes até o momento.

Portando, essa taxa pode cair ainda mais no próximo levantamento do estado, já que com essa atualização a taxa é de 1,74%. Há também uma diminuição de novos casos diários nas últimas semanas, de acordo com levantamento do centro de contingência.

Taxa de mortalidade também é baixa

A taxa de mortalidade da covid-19 em Botucatu também é baixa. Ela se difere da taxa de letalidade, apesar de serem termos parecidos para a maior parte da população.

Na taxa de mortalidade são calculados os óbitos a cada 100 mil habitantes nos municípios. A letalidade, como já citado, é o cenário onde se engloba o número de mortes por casos confirmados da doença.

Segundo levantado pelo Acontece Botucatu, a taxa de mortalidade em nossa cidade hoje é de 19 vítimas a cada 100 mil habitantes, número que já foi de 13 no mês de julho. Mesmo assim, trata-se de uma das melhores posições, figurando em 9º em todo estado.

Os números de Botucatu também são bem melhores que a média nacional (53,4) e estadual (60,8). Os gráficos são feitos toda a semana pela Secretaria de Estado da Saúde e serve de controle para avaliações do chamado Plano São Paulo.

Veja abaixo os gráficos de letalidade e mortalidade da pandemia.

Gráfico letalidade e mortalidade