Mulher é detida tentando entrar em presídio com ‘carta’ escrita no avesso da calça

Flagrante com mulher ocorreu no domingo (dia 30) durante inspeção de rotina na Penitenciária II de Reginópolis

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que, no último domingo (dia 30), agentes de segurança flagraram uma mulher tentando entrar na Penitenciária II “Sgto. PM Antônio Luiz de Souza” de Reginópolis com uma “carta” escrita no avesso da calça, contendo informações suspeitas.

A apreensão ocorreu por volta das 9h20. Na ocasião, a visitante vestia um tipo de calça que não é permitida a entrada no interior da carceragem por estar em desacordo com as normas do sistema penitenciária do Estado.

Para que a mulher pudesse realizar a visita ao marido, funcionários emprestaram uma vestimenta que pertence à unidade e que seria restituída ao fim da visitação.

Entretanto, enquanto ela trocava de roupa, uma agente feminina detectou que havia mensagens escritas no avesso da calça da visitante. A “carta” apresentava conteúdo suspeito, que será investigado.

A direção do Penitenciária instaurou Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade do preso que receberia o material apreendido. A SAP informa que pessoas flagradas tentando entrar com objetos ilícitos em presídios são automaticamente suspensas do rol de visitas.