TOR da Polícia Rodoviária flagra tráfico internacional de armas na Castelo Branco

O TOR da Polícia Rodoviária registrou neste sábado, dia 10, um caso de flagrante Internacional de Tráfico de Armas. O caso ocorreu na rodovia Castelo Branco, perto do município de Avaré. Durante fiscalização de combate aos ilícitos penais, a Equipe TOR abordou o ônibus de linha regular com itinerário de Foz do Iguaçu para São Paulo, transportando 53 passageiros.

Durante entrevista e revistas as bagagens, a passageira da poltrona n° 29 mostrou certo nervosismo. Na averiguação, os policiais do TOR encontraram em suas duas bolsas de mão, 7 pistolas com 11 carregadores. Questionada, a mesma disse saiu de São Paulo com destino ao Paraguai para receber as armas, carregadores e Munições e retornaria até São Paulo, onde receberia uma quantia em dinheiro pelo transporte dos objetos.

Nas pernas da mulher, também foram encontrados, presos com faixas e fita adesiva, mais 7 carregadores. A acusada foi submetida a uma revista pessoal minuciosa por policial militar feminino, onde nada mais de ilícito foi encontrado.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal de Bauru, onde foi elaborado o flagrante pelo Tráfico Internacional de armas e munições e a mulher, que trabalhava como cuidadora de idosos, foi encaminhada ao presídio feminino de Pirajuí. Ela passará por Audiência de Custódia na próxima segunda-feira, dia 13.