Justiça decreta prisão preventiva de suspeitos de apoio a quadrilha que agiu em Botucatu

Os cinco suspeitos de atuarem no apoio aos atos criminosos de Botucatu na madrugada da última semana detidos neste domingo tiveram suas prisões preventivas decretadas pela Justiça. A informação foi confirmada na noite de hoje ao Acontece Botucatu pela Polícia Civil.

São 4 mulheres e 1 homem que foram detidos pelo TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) na Rodovia Castelo Branco. Eles foram apresentados no Plantão da Polícia Civil.

Nesta tarde eles passaram por exame de corpo de delito no IML. Houve um forte aparato policial no centro da cidade por conta disso.

Segundo levantando pelo Acontece Botucatu, os suspeitos foram levados para penitenciárias paulistas. Os estabelecimentos não foram divulgados.

Relembre o fato

A equipe do TOR, da Polícia Rodoviária, prendeu 5 pessoas suspeitas de terem ligação com o ataque criminoso que ocorreu na última quinta-feira, 30, em Botucatu. A prisão aconteceu na noite deste domingo, 02, na Rodovia Castello Branco, no pedágio de Itatinga.

Os suspeitos estavam em 3 carros e fugiram quando notaram a presença da Polícia Rodoviária na praça de pedágio. Foi necessário um acompanhamento dos veículos por 80 quilômetros até que as pessoas fossem detidas. São 4 mulheres e um homem, que estariam portando drogas.

Há suspeitas de que essas pessoas estavam se dirigindo a Botucatu para buscar alguma coisa, ou alguém, relacionado com o crime cometido em Botucatu.