Homem procurado após ataques criminosos em Botucatu morre em confronto com a Polícia; outros dois foram presos

Mais elementos envolvidos no assalto em Botucatu fora de circulação

Foto: arquivo Acontece Botucatu

Um homem suspeito de participar dos ataques criminosos em Botucatu no final de junho de 2020 morreu nesta quinta-feira, dia 29, após confronto com a Polícia Militar. Leonardo Conceição dos Santos, 26 anos, estava com sua prisão decretada pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Botucatu.

Em outras ações distintas, a Polícia também prendeu hoje mais dois elementos que estavam sendo procurados pelo assalto ao Banco do Brasil em Botucatu. As prisões ocorreram em São Paulo, sendo que um deles foi detido após um caso de violência doméstica.

Segundo o que foi apurado pelo Acontece Botucatu, todos estavam com as prisões temporárias decretadas por Botucatu. Dessa forma, já são 15 suspeitos ou condenados presos pela polícia.

“As ocorrências foram em São Paulo, mas os três estavam com mandado de prisão temporária decretadas pela Justiça de Botucatu em razão do crime praticado aqui ao Banco do Brasil. O Dr. Geral Franco (Delegado da DIG) pediu durante as investigações as prisões temporárias. Os três faziam parte da organização criminosa que atuou em Botucatu. O homem morto entrou em confronto com a polícia e os outros dois foram presos em ações distintas, também estavam com prisão temporária a cumprir. Eles agiram diretamente no crime, segundo ficou provado aqui no inquérito policial”, disse ao Acontece Botucatu o Delegado Seccional de Polícia, Dr. Lourenço Talamonte Neto.

Relembre o crime em Botucatu

Assalto a banco no centro de Botucatu leva pânico com intensa troca de tiros