Ação da GCM para conter aglomeração termina em confusão na região do Cachoeirinha em Botucatu

A Guarda Municipal executou no começo da manhã deste sábado, 20, uma dispersão nas proximidades do residencial Cachoeirinha. Uma viatura fazia patrulhamento Preventivo e comunitário para coibir aglomerações e perturbações do sossego público.

Pela praça Valter Benedito Calixto (Cachoeirinha), os agentes avistaram um grupo de cerca de 40 pessoas consumindo bebidas alcoólicas, diz relatório da GCM. A equipe desembarcou para orientação e dispersão, seguindo as recomendações para diminuir o contágio do Covid-19.

Segundo informações que constam em boletim de ocorrência, neste momento os indivíduos começaram a se rebelar e incitar os outros a partirem para cima dos GCMs. Um dos indivíduos entrou em luta corporal com os agentes e logo foi contido e imobilizado, relata a Guarda.

Ao indivíduo foi dado voz de prisão e em seguida conduzido até o plantão policial. O delegado de plantão ratificou a voz de prisão por lesão corporal e resistência nesta ação.

Foi arbitrada fiança de R$ 1.800,00, que não foi paga. O indivíduo de 19 anos permaneceu preso e ficará à disposição da justiça, segundo a GCM.

Há várias semanas Guarda Municipal, Polícia Militar e Polícia Civil atuam em conjunto para conter aglomerações e festas clandestinas. As ações estão sendo desenvolvidas em todas a áreas da cidade. Informações ou denúncias de aglomerações e festas irregulares podem ser feitas pelos telefones 190 (PM) e 199 (GCM).

Veja também

Forças de Segurança e Vigilância fazem ações para coibir festas clandestinas e aglomerações em Botucatu