Confira o protocolo de Vacinação para cães e gatos com a vet4pet

Atualmente os nossos animais de estimação fazem parte da nossa família não é mesmo?! E como dizem os mais velhos “é melhor prevenir do que remediar”! Pensando nisso, precisamos sempre atualizar a vacina dos nossos cães e gatos para evitar doenças que podem até causar a morte.

Para os cachorros as principais vacinas são:

– V10 (múltipla): protege contra Cinomose, Coronavirose, Hepatite, Parvovirose e Parainfluenza. Deve ser administrada a partir dos 45 dias de vida, sendo 3 doses com intervalo de 21 a 30 dias entre elas. Não esquecendo do reforço anualmente!

– Antirábica: protege contra o vírus da Raiva. É um vírus letal e que atinge os seres humanos também, por isso é muito importante manter essa vacina sempre atualizada! A primeira dose deve ser feita a partir dos 4 meses de vida do animal, sendo 2 doses com intervalo de 21 a 30 dias entre elas. Reforço anual!

– Giardíase: esse parasita intestinal acomete grande parte dos cães e pode causar diarreias e vômitos constantes. É sempre importante lembrar que os humanos também podem se infectar por esse parasita. Essa vacina pode ser aplicada a partir dos 60 dias de vida e são 2 doses com intervalo igual as outras vacinas e reforço anual.

– “Gripe canina”: essa bactéria causa muita tosse nos nossos cachorrinhos, principalmente no inverno! Essa vacina pode ser aplicada a partir dos 60 dias de vida, sendo 2 doses com intervalos de 21 a 30 dias.

– Leptospirose: Bactéria transmitida por roedores, que está presente também na vacina V10, mas com eficácia de apenas 6 meses, por isso é recomendada a sua aplicação sempre intercalando com a V10, nos casos de possível contato com ratos.

Já para os felinos o protocolo vacinal é bem menor, incluindo apenas 2 vacinas:

– V5 (múltipla): protege contra Rinotraqueíte viral felina, calicivirose felina, panleucopenia felina, clamidiose felina e leucemia felina. São 3 doses para os filhotes, a primeira dose deve ser administrada a partir dos 60 dias de vida, mantendo também o intervalo de 21 a 30 dias e reforço anual!

– Antirábica: deve ser administrada da mesma forma que nos cães e possui a mesma importância!

E nunca devemos nos esquecer de sempre pedir por vacinas importadas e que todas as vacinas devem ser aplicadas por um médico veterinário!!!

M.V. Veridiana Bonazzi von Zuben

Médica Veterinária Especialista em Cardiologia Veterinária.