Cães e gatos são alérgicos a pulgas e carrapatos?

 

Pulgas e carrapatos são insetos, mais especificamente artrópodes que parasitam tanto os animais de companhia como os animais de grande porte, ingerindo o sangue desses animais para sua reprodução e crescimento. O nosso clima mais quente e úmido facilita essa reprodução, transformando-os em verdadeiras “pragas” e nunca sabemos se devemos tentar realizar limpeza no ambiente, nos nossos animais, nos animais dos vizinhos e etc.

A verdade é que muitos animais podem ter o que conhecemos por dermatite alérgica a picada de ectoparasitas (DAPE), sendo os principais envolvidos aqui as pulgas e os carrapatos, apresentando quadros de coceira exagerada, lambedura/mordedura, áreas com falhas de pelos, vermelhidão e machucados normalmente secundários a tanta coceira, levando os nossos animais a exaustão e inclusive piora da qualidade de vida, sendo que alguns animais chegam até a parar de comer ou brincar pela coceira.

A DAPE pode acometer QUALQUER animal, sem predileções, podendo trazer inclusive riscos a saúde do seu animal, já que esses ectoparasitas também podem transmitir doenças. Parece estranho pensarmos que cães tenham quadros alérgicos a pulgas e carrapatos, fazendo muitos proprietário procurarem aquela “segunda opinião”, mas, como dito, ela é um dos  quadros alérgicos mais comuns e que pode ser resolvido com auxílio de medicações específicas para ectoparasitas.

Reprodução internet

Grande parte da tecnologia farmacêutica veterinária tem sido focada para isso, e hoje temos uma gama ampla de produtos tópicos (spot on), orais (comprimidos) e ambientais, facilitando e muito a vida dos proprietários, dos animais e também dos médicos veterinários.

Graças a essas novas tecnologias os nossos animais podem ter melhor qualidade de vida quanto antes conseguirmos realizar um controle adequado desses ectoparasitas no ambiente, podendo ser utilizado associações de produtos de acordo com a dificuldade do ambiente, por isso, é importante que haja uma avaliação clínica detalhada do animal e do ambiente que ele vive, permitindo tanto o diagnóstico quanto o tratamento adequado.