Hoje é comemorado o Dia Nacional do Fotógrafo

Em 8 de janeiro é comemorado o Dia Nacional do Fotógrafo. A atividade registra momentos corriqueiros ou histórico por meio de habilidade de captura de imagens a partir da arte de combinar luz, ângulo, profundidade e enquadramento. Mais do que apenas uma reprodução do real, a fotografia ganhou complexidade estética, com expoentes reconhecidos nacional e internacionalmente por seus trabalhos.

O surgimento da fotografia remonta à virada do século XVIII para o XIX. Nomes como Joseph Niepce, Henry Talbot e Louis Daguerre ficaram marcados na história pelo esforço em obter uma reprodução de eventos sem o método da pintura. Artefatos como o uso de câmaras escuras e papeis especiais com o auxílio de cloreto de prata foram pavimentando o caminho do setor.

Apesar do surgimento de novas tecnologias ser um verdadeiro fotógrafo ainda requer talentos especiais. Ter a sensibilidade do momento ainda é imprescindível.

– Registrar pessoas registrando, guardar na memória rostos da nossa comunidade, flagrar as belezas que Deus nos ofereceu. Essa é a função do fotógrafo- descreveu o fotógrafo André Godinho, que também é jornalista no Acontece Botucatu.  

Confira abaixo algumas fotos do nosso fotógrafo André Godinho.

Em busca da regularização

Apesar de completar 180 anos, o ofício de fotógrafo ainda não é regulamentado no país. Ele não se confunde, contanto, com o de repórter fotográfico, uma das atividades da profissão de jornalista, normatizada tanto na legislação geral trabalhista brasileira (a Consolidação das Leis do Trabalho) quanto em decretos específicos.

Uma proposta tramita no Congresso buscando reverter este quadro. O Projeto de Lei da Câmara (PLC) no 64 de 2014, de autoria do deputado Fernando Torres (PSD-BA) foi aprovado na Câmara dos Deputados, passou por comissões no Senado Federal e está pronto para votação em plenário nesta casa legislativa.

Com Agência Brasil

Fotos André Godinho