Com subsídio, nova tarifa de ônibus será de R$3,55 para o usuário em Botucatu

Prefeitura vai subsidiar R$ 0,35 ao usuário em Botucatu

Tarifa Botucatu
Arquivo Acontece Botucatu

Começa a valer a partir de domingo, dia 11, o novo valor da tarifa do transporte público em Botucatu. O reajuste é contratual com as duas empresas que operam no sistema em Botucatu.

Reta Transportes e Stadtbus ficaram sem o aumento na tarifa por dois anos, sendo feita a correção apenas no ano passado. Como o aumento anual das tarifas está previsto em contrato, as empresas alegavam desequilíbrio financeiro.

No fim de 2016, quando se deveria reajustar o valor, o então Prefeito João Cury anunciou rompimento de contrato e não repassou os novos valores para as empresas. A quebra de contrato foi revertida pela justiça em 2017, o que obrigou a Prefeitura a manter o contrato com as atuais empresas.

Na oportunidade foi firmado um Termo de Ajustamento de Conduta com as empresas para a melhoria do serviço. No último ano, o atual Prefeito Mário Pardini usou o dinheiro da outorga para subsidiar o valor da tarifa, não repassando o aumento para a população.

A outorga é um valor pago pelas próprias empresas. Essa nova engenharia financeira foi aprovada recentemente pela Câmara Municipal e a Prefeitura continuará arcando com parte da tarifa dos usuários.

Hoje o valor pago pelo cidadão na tarifa de ônibus está em R$ 3,35. Segundo as correções dos últimos anos, a tarifa deveria ser de R$ 3,90, mas a Prefeitura está atualmente subsidiando R$ 0,35, totalizando R$ 3,70 pago às empresas.

O novo valor pago pelo usuário será de R$ 3,55, mantendo o subsídio municipal de R$ 0,35. Os novos valores serão divulgados no semanário da Prefeitura nesta quarta-feira, dia 07.

Foto 4toques comunicação