Caio Induscar e Iveco lançam o primeiro micro-ônibus inclusivo do país

 

Ádamo Bazani/Diário do Transporte

A encarroçadoras Caio Induscar e a Iveco Bus, fabricante de chassi, lançaram na manhã de terça-feira, dia 18, em São Paulo, o modelo de micro-ônibus Soul Class. As duas empresas dizem se tratar do primeiro micro-ônibus inclusivo do País.

O modelo possui características de carroceria e chassi inspiradas em automóveis. No visual, há lanternas traseiras em leds, capô com acionamento interno e grade frontal removível – de acordo com a marca, para facilitar o acesso ao motor e componentes posicionados na parte externa do veículo – e a tampa traseira é em alumínio, ajudando a reduzir o peso da carroceria.

“Não é apenas um ônibus acessível, mas inclusivo porque com soluções como as plataformas elevatórias com as poltronas para pessoas que dependem de cadeiras de rodas, o usuário com algum tipo de limitação tem o mesmo conforto que os demais passageiros” disse Gustavo Serizawa, gerente de marketing da Iveco Bus para a América Latina.

Ádamo Bazani/Diário do Transporte

A versão executiva acomoda 24 passageiros, incluindo até dois cadeirantes, mais o condutor.  A principal vantagem desse sistema, além de garantir o conforto do passageiro com mobilidade reduzida, está na segurança. Poucas cadeiras de rodas são ideais para que a pessoa seja transportada dentro do veículo sentada nelas – mesmo com o uso do cinto de segurança. Quando o passageiro com deficiência é transportado na poltrona projetada de fábrica, ele consegue a mesma segurança dos outros passageiros.

O projeto pioneiro priorizou o conforto e a acessibilidade, atendendo à portaria 269 do Inmetro, que entrará em vigor em julho deste ano, exigindo dos novos veículos equipamentos para embarque e desembarque de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida em ônibus rodoviários, disponibilizados também para outras versões, como os escolares.

Com informações do Salão do Carro e Diário dos Transporte