As lives já são parte de nosso cotidiano: veja algumas ótimas opções para se divertir

Se existe algo que chegou para ficar, são as lives. Pode ser um show de música, uma apresentação de comédia, ou até mesmo uma conversa sobre determinado assunto, os encontros online já são um dos principais trabalhos de artistas, influenciadores ou qualquer profissional que quer expor seu trabalho sem barreiras geográficas. Seja no Youtube, Instagram ou Facebook, elas têm sido grandes companheiras de muitas pessoas pelo mundo que querem aprender algo ou se distrair dentro do conforto de estar em casa, e melhor ainda, poder rever quando e quantas vezes quiser.

A primeira explosão de apresentações em streaming começou com a música, onde estrelas como Jorge e Matheus e Thiaguinho criaram grandes estruturas para suas transmissões patrocinadas. Outros, como Ivete Sangalo e Anitta, apostaram na descontração usando pijama e abrindo suas casas. Sandy e Junior reviveram seus hits que marcaram uma geração inteira, e Caetano Veloso fez um show que muitos não têm a oportunidade de ver se não for online.

A grande maioria das lives de músicos tem como intuito arrecadar dinheiro para doação, e para a cidade de Botucatu, a ajuda veio do cantor Fábio Júnior, o astro fez sua live e decidiu escolher a cidade como local de doações, e com sua apresentação, conseguiu arrecadar 3 toneladas de arroz que foram enviadas a dezenas de instituições sociais de toda Botucatu. Parcerias inusitadas como as lives de Gilberto Gil e Iza ou Nando Reis com Duda Beat também arrecadam muitos alimentos distribuídos pelo Brasil.

Na música internacional, a grande apresentação de Lady Gaga parou pessoas do mundo todo, e Jack Johnson se apresentou sentado em seu quintal, enquanto David Guetta fez uma rave em sua luxuosa varanda em Miami. Muitos outros artistas já entenderam que lançar canções em suas lives é uma forma muito mais efetiva de chegar a muitas pessoas de uma só vez.

E o mercado tem crescido tanto, que canais de YouTube já tem sua programação de lives, como o Sesc SP, que resolveu criar uma programação fixa que se chamam #Emcasacomsesc e tem show de diversos artistas da cena musical alternativa. Um lugar para ficar atento nas programações musicais do mundo online é o Zime Cultural, que sempre está de olho no que vai rolar e traz notas com programações.

E não é somente de música que vivem as lives, uma série de profissionais, comediantes  e outros tipos de influenciadores também estão fazendo encontros que garantem muito conteúdo de primeira na web. Por exemplo, estrelas da comédia resolveram usar seus dons para o game e fazer uma live para arrecadar doações a suas instituições favoritas, outros, para divulgar o seu trabalho, ou também para ganhar muitos novos seguidores em suas redes sociais e canais de YouTube, o que faz o público expandir.

Outro ramo que se firmou em versão streaming é o dos eventos, que ao se tornar online, cresceram muito o seu número de visualizações, alcance e repercussão. O Youpix fala sobre tecnologia e agora usa dela mais que nunca, o mesmo que acontece com o Campus Party, que perdeu suas barracas em grandes locais de evento e trocou por telas pelo mundo todo. Além disso, é possível ver uma diversidade de lives com pensadores como Marcelo Tas ou Mario Sergio Cortella, em uma série de assuntos diferentes. Todas ao vivo, e quase sempre permitindo a interação com o público através de perguntas.

Seja qual for o tipo de conteúdo que você gosta de consumir, o streaming chegou para ficar e traz uma infinidade de conhecimento e diversão, em sua maioria, de forma gratuita.  Melhor de tudo isso, são conteúdos que podem chegar a muito mais pessoas, além de poder ser visto quantas vezes quiser. Seja o seu cantor favorito, o humorista que te faz rir todos os dias, ou até mesmo um filósofo com suas aulas online, este é um novo mundo que deve ser descoberto, e existe algo para todos os tipos de gosto.