Palmeiras faz valer o fator casa e bate o Mirassol por 3 a 1

Com o resultado, Verdão tira a invencibilidade do adversário e encosta no Santo André

Zagueiro paraguaio marcou, de cabeça, o 1º gol alviverde no gramado novo. FONTE: Twitter Oficial da SE Palmeiras – @Palmeiras

Por Giovanni Luque

Até o início desta 6ª rodada, haviam, ainda, 2 times invictos no Campeonato Paulista. E, para a surpresa – quase – geral, não era nenhum dos grandes, mas sim duas equipes do interior: Mirassol e Novorizontino. Então, se haviam dois, agora, é só um, pois o Palmeiras atropelou o Leão.

Estreando o novo gramado sintético de sua casa, o Verdão aplicou um satisfatório 3 a 1 sobre os amarelinhos do interior paulista. Diferentemente da inauguração do Allianz Parque, quando os donos da casa perderam para o Sport, dessa vez, o resultado foi positivo.

Porém, é bem verdade que o jogo só ficou bom no 2º tempo. No 1º, o técnico Ricardo Catalá e a boa defesa dos visitantes, comandada pelo goleiro Kewin e por Luiz Otávio, conseguiram segurar o ímpeto do Palmeiras. Não só a boa atuação do adversário, mas a falta de inspiração de Lucas Lima, principal armador da equipe, também foi fator importante.

Para a 2ª etapa, Luxemburgo voltou com um time diferente. Na vaga de Lucas Lima, entrou o “chuta – chuta” Raphael Veiga, enquanto que Mayke deu lugar ao jovem Gabriel Menino, que junto com seu xará Verón e Patrick de Paula, mostraram a qualidade da juventude palmeirense.

Mesmo assim, quem abriu o placar foi o Mirassol. Após disputa vencida por Maranhão na ponta esquerda, Rafael Silva se jogou na bola e abriu o placar. Mas foi só, porque, em menos de 10 minutos, o Verdão empatou, virou e fez 3 a 1, com Gustavo Gómez aos 23; Raphael Veiga aos 28 e Luiz Adriano, em chute de fora da área, aos 31.

Cabe um destaque para as partidas de Gabriel Menino, que entrou improvisado na lateral direita, e para Zé Rafael, que deu boa saída de bola e verticalidade ao Verdão, não sentindo muito a ausência de Dudu.

Na próxima rodada, o Palmeiras enfrenta o Guarani, em Campinas, na quinta – feira, buscando tomar a liderança do grupo B Santo André. Enquanto isso, o Mirassol vai até Novo Horizonte, na sexta, enfrentar o invicto Novorizontino, querendo voltar a vencer.