Botucatu promoverá 1º encontro de gestão das águas  

 

A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria Municipal do Verde, promoverá no dia 22 deste mês (Dia Mundial da Água), às 19 horas, no Centro Receptivo do Parque Municipal, o primeiro Encontro de Gestão das Águas. O evento reunirá representantes do Poder Público Municipal, Organizações Não Governamentais (ONGs) e iniciativa privada com o objetivo de apresentar e dialogar sobre as experiências bem sucedidas adotadas em Botucatu nos últimos anos quanto à questão ambiental, em especial na proteção e recuperação de nascentes.

Uma das ações que serão abordadas como modelo positivo é a do plantio de 20 mil mudas de espécies nativas, em 12 hectares de preservação permanente na microbacia hidrográfica do Córrego Aracatu, realizado entre setembro de 2016 e fevereiro deste ano. Esta iniciativa do Poder Público Municipal contribuirá para o incremento e aceleração da regeneração da biodiversidade, aumento da cobertura florestal para melhoria da qualidade e disponibilidade de água, além da diminuição do assoreamento do córrego.

Os interessados em participar deste primeiro Encontro de Gestão das Águas de Botucatu podem se inscrever gratuitamente através do site da Fepaf (Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais), apoiadora do evento. A Associação dos Amigos do Vale do Aracatu e a empresa Assobio – Soluções Ambientais também são parceiros deste encontro.

Gestão das águas em Botucatu

Botucatu tem pouco mais de 140 mil habitantes e é décimo maior município em extensão territorial do Estado de São Paulo. Por duas vezes [2012 e 2014] foi campeã do programa Município Verde-Azul, iniciativa da Secretaria Estadual do Meio Ambiente que premia as cidades que apresentam as políticas públicas mais eficientes dentro do meio ambiente.

A universalização da água e esgoto em quase 100% do Município; despoluição e reclassificação do Ribeirão Lavapés [principal rio urbano da Cidade]; execução do plano de arborização urbana com mais de 80 mil mudas plantadas nos últimos oito anos; implantação do Programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA);  e a participação no programa piloto Nascentes, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, fazem de Botucatu referência quanto à questão da gestão dos corpos hídricos.

Mais informações

Secretaria Municipal do Verde

Rua Lourenço Carmelo, 180 (Poupatempo Ambiental)

(14) 3882-1290

E-mail: meioambiente@botucatu.sp.gov.br

Inscrições: www.fepaf.org.br

PROGRAMAÇÃO

18h30 – 19h – Credenciamento

19h – 19h10 – Abertura

Márcio Piedade Vieira

Engenheiro Agrônomo e secretário Municipal de Meio Ambiente.

 

19h10 – 19h40 – Restauração Florestal e a recuperação de nascentes.

Palestrante: Juliane Fumes Bazzo

Engenheira Florestal/UNESP, Mestre em Ciência Florestal/UNESP, Diretora do Departamento de Licenciamento Ambiental – Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

 

19h40 – 20h10 – CUESTA BASALTICA BOTUCATUENSE E VALE DO ARACATU

Palestrante: Fillipe Martins

AAVA – Associação dos Amigos do Vale do Aracatu.

 

20h10 – 20h25 – REFLORESTAMENTO DA BACIA DO ARACATU

Palestrante: Marina M. Andrade

Engenheira Agrônoma/ESALQ, Empresa Assobio.

 

20h25 – 20h40 – APRESENTAÇÃO TEATRAL

Museu de Mineralogia Aitiara (MuMa)

 

20h40 – 21h – DISCUSSÃO