Cantor e compositor Renato Teixeira fará show em Botucatu no dia 15/02

O cantor e compositor Renato Teixeira fará um show especial em Botucatu. Será no dia 15 de fevereiro, no auditório do Colégio La Salle. A organização é da Ferreira Eventos Culturais.

Confira mais informações sobre o show e o artista:

🎤 RENATO TEIXEIRA
15 de fevereiro – sexta-feira – 21h
Auditório La Salle – Botucatu
.
📝#Serviço
datas: 15 de fevereiro – sexta
horário: 21h (proibida entrada após o início)
gênero: Show
classificação: 10 anos
local: Auditório La Salle
.
🎫 #Ingressos
Setor VIP (primeiras 6 filas)
Meia R$ 60,00 (professores, estudantes, pessoas + 60 Anos)
Porto Seguro R$ 60,00 (Clientes Porto Seguro +1 acompanhante R$ 60,00 cada um)
Unimed R$ 80,00 (Clientes com o Cartão do Plano de Saúde)
Inteira R$ 120,00

Setor Plateia (demais filas)
Meia R$ 50,00 (professores, estudantes, pessoas + 60 Anos)
Porto Seguro R$ 70,00 (Clientes Porto Seguro +1 acompanhante R$ 70,00 cada um)
Unimed R$ 70,00 (Clientes com o Cartão do Plano de Saúde)
Inteira R$ 100,00
.
#Pontos_venda
– Loja Dalu – (Av Dom Lucio, 657)
– Bilheteria do LaSalle (apenas no dia do evento após 17h)
– online: www.MegaBilheteria.com
InfoWhats: (14) 99833-6199
.
obs: Atenção estudantes: neste evento não será aceito boletos ou declaração de matricula, apenas a carteirinha de estudante com foto e data de validade. Menor de 18 anos apresentar apenas RG.

RENATO TEIXEIRA – UM POETA E UM VIOLÃO

Oferece ao público uma viagem emocionante e divertida pela música do interior do Brasil, ciceroneado pela arte ímpar de Renato Teixeira. Escolhemos o repertório, acertamos o tom, definimos sonoridade e conceito visual.

Para fecharmos o projeto, nos concentramos nos itens técnicos desenvolvendo um rider com recursos minimalistas e refinados. Decidimos que nosso cenário teria apenas as cores das luzes. Tudo visando a demanda que existe por apresentações desse tipo.

Assim fomos embelezando e simplificando as coisas para que pudéssemos ter um produto ágil, emocionante, comunicativo, em que lindas canções misturadas com deliciosos causos que Renato conta, criassem um espetáculo prazeroso de se ver e ouvir.

Sucessos como Romaria, Tocando em Frente, Amora, Amanheceu, Peguei a Viola, Frete, Recado, misturam-se às canções inéditas que carregam revelações poéticas características do autor – “cada um de nós compõe a própria história” – e propagam a essência filosófica de sua obra – “tudo se dá no momento e depois, já não é”.

Teixeira é autor de conhecidas canções, como “Romaria” (grande sucesso na gravação de Elis Regina, em 1977), “Tocando em Frente” (em parceria com Almir Sater, gravada também por Maria Bethânia), “Dadá Maria” (em dueto com Gal Costa), “Frete” (tema de abertura do seriado Carga Pesada, da Rede Globo, além de “Amanheceu”, também criou, junto com Sérgio Mineiro e Sérgio Campanelli o jingle “Balas de leite Kids”, entre outros.

Em 1990, apresentou o programa Tom Brasileiro na Rede Record, no qual, além de cantar, apresentava artistas que valorizavam a música nacional.
Recentemente, Renato Teixeira compôs a música “Rapaz caipira”, como crítica à atual música sertaneja de consumo, fazendo renascer a expressão “música caipira”. É um defensor aberto da música de raiz, caipira, que ainda sobrevive apesar dos desvios da música sertaneja. Em 2010 gravou Amizade Sincera em parceria com seu amigo de longa data e outro bastião do gênero caipira, Sérgio Reis. Também compôs uma canção com Victor Chaves, da dupla Victor & Leo.

Em dezembro de 2015, Renato Teixeira e Almir Sater lançaram o álbum AR nas plataformas digitais. Apesar de parceiros musicais e amigos de longa data, foi a primeira vez que os artistas realizam um projeto juntos. Gravado entre o Brasil e Nashville, Estados Unidos, com produção do norte-americano Eric Silver, o álbum traz 10 músicas inéditas compostas pela dupla.

Os artistas navegam pelas vertentes do country ao folk, sem perder sua essência, agregando ao purismo da música caipira e seus ritmos genuínos. Por este álbum, Almir e Renato ganharam em 2016 os prêmios de melhor dupla regional na 27.ª edição do Prêmio da Música Brasileira e de Melhor Álbum de Música Regional ou de Raizes Brasileiras no 17.º Grammy Latino. A música do álbum “D de Destino”, composta por Almir, Paulo Simões e Renato, foi indicada ao prêmio de Melhor Canção em Língua Portuguesa do Grammy.