Matando no Peito, com Zé Airton – 31/07/2021

 

=FCMBB 1970=

Naquela belíssima manhã de sábado do longínquo maio de 1970, portanto 51 anos já passados, posa em Acrísio Paes Cruz a aguerrida equipe da FCMBB, assim alinhada:

DE PÉ: FLAVIO BACCARI – ZÉ EDUARDO – ZÉ LUIZ NICOLETTI – SIDNEY – ROBERTO CARLOS – JOEL SPADARO – OISENYL e o CHRISTOFOLETI.

ABAIXADOS: ISMAEL BONASSI – TONINHO SIMÕES – ZÉ ALBERTO VEIGA – WIDSNEY – MAURO e o WALDIR GANDOLFI…

Quantas boas recordações.

 

=RECORDANDO – B.A.E.C. – l975=

Em 1975, logo que deixou oficialmente como atleta os campos de futebol de nossa cidade, o matador PANCHO, foi convidado pela diretoria e assumiu a direção técnica do B.A.E.C., clube de seu coração.

Formou então, com aquela garotada residente no próprio bairro esse verdadeiro esquadrão que posa na foto anexa há 46 (quarenta e seis) anos já passados assim alinhado:

DE PÉ: RICARDO (técnico) – DI PIERI – SERGIO ALEMÃO – ZELÉ – DITINHO GG – VALDIR – MOACIR – JACARÉ – QUATI e o JAU (diretor).

ABAIXADOS: PERNINHA – PATITA – LUIZINHO – JARILHO – DAKO – ADEMIR – NIVALDINHO e o LOURENÇO.

Alguns desses amigos já nos deixaram e descansam em Paz

 

=RELEMBRANDO – FÓRUM=

Dos tempos em que a sede de nosso Poder Judiciário ainda estava centralizado no tradicional prédio da Praça Rui Barbosa, apresentamos nesta oportunidade a aguerrida equipe do Fórum local.

Formada por juízes, advogados, funcionários, estagiários que ali exerciam suas funções e amigos convidados, podemos observar posando no tapete verde antes de partida amistosa na região:

Em pé: NEWTON COLENCI – PAULO CORADI – ZÉ SIMEÃO – ADOLFO – ORLANDINHO – FERNANDO GAMEIRO – ANTONIO RUSSO e o RENÊ ALVES.

Abaixados: SIDNEY GÓES – MARCELO DELEVEDOVE – JÚ COLENCI – ODENEY KLÉFENS – ADEMIR SVICERO – PENOSO e mais abaixados ainda os jovens mascotes: CHOCOLATE – MAGUILA – MARCO COLENCI e ALEMÃO.

Velhos tempos…

 

=SE É FOTO É FATO=

Foto 4

Naquele chiquérrimo clube da Capital, uma jovem senhora aprendia a jogar GOLFE com alguns amigos quando uma abelha pica seu braço.

Como um de seus amigos é médico ela lhe diz:

– Carlinhos, uma abelha me picou!

– Onde foi, querida?

– Aqui entre o primeiro e segundo buraco…

Aí vem a receita:

– Olhe bem queridinha, a sua maneira de dar a tacada está equivocada, pois você deve manter as pernas sempre juntas…

Coisas do esporte!!!

 

=PERGUNTA DA SEMANA=

P- Qual o time que sempre vence, nunca perde nem empata???

R- É o DUPLICATA F.C.

 

=FRASE DA SEMANA=

“POSSO NÃO TER RESISTÊNCIA FÍSICA, MAS SEMPRE TIVE PÉ-DE-ATLETA”.

 

=EPÍLOGO=

“Um membro de um determinado grupo, para o qual prestava serviços freqüentemente, sem nenhum aviso, deixou de participar das atividades.

Algumas semanas depois o líder do grupo resolveu fazer-lhe uma visita. A noite estava muito fria. O líder encontrou o homem em casa sozinho, sentado  diante de um reluzente fogo. Supondo o motivo da visita, o homem deu as boas-vindas ao visitante e à seguir conduziu-o a uma grande cadeira que estava próximo da lareira, permanecendo em silêncio. O líder se fez confortável, mas não disse nada. No ambiente de quietude, contemplou a dança das chamas em torno da lenha ardente.

Passados alguns minutos, o líder examinou as brasas, apanhou cuidadosamente uma brasa ardente e deixou-a de lado. Logo após voltou a sentar-se e permaneceu silencioso e imóvel.

O anfitrião prestou a atenção a tudo, fascinado e quieto. A chama da solitária brasa diminuiu gradativamente, houve um brilho momentâneo e seu fogo apagou definitivamente. Logo estava fria e morta.

Nenhuma palavra havia sido proferida desde o cumprimento inicial. O líder, antes de se preparar para sair, recolheu a brasa fria e inoperante e colocou-a novamente na fogueira. Prontamente, a brasa começou a incandescer, uma vez mais com a luz e o calor dos carvões ardentes em torno dela.

Tão logo o líder alcançou a porta para partir, seu anfitrião disse: “Obrigado Mestre tanto por sua visita quanto pelo sermão. Estarei voltando ao convívio já na reunião da próxima semana”.