Matando no Peito, com Zé Airton – 29/04/2017

 

=PARABÉNS A.A.FERROVIÁRIA – 78 ANOS=

No próximo dia 03 de maio nossa A.A.Ferroviária completa seu septuagésimo oitavo ano de fundação pelo que para homenageá-la publicamos a foto anexa que registra o dia (03/05/1939) em que vindo diretamente de São Paulo o presidente da antiga E.F.Sorocabana, Dr. Acrisio Paes Cruz, adquire da nossa Mitra Diocesana o terreno do seu atual campo e faz doação para o Tricolor da Baixada.

Para a devida comemoração foi organizada uma festa de arromba com inúmeras autoridades presentes e um jogaço de bola foi marcado entre as equipes do Ouro Verde x Ouro Branco que eram os principais trens de passageiros da ferrovia naquela ocasião.

Impossível identificar toda essa multidão, mas ainda assim podemos observar:  ARMANDO AUDI – TIDEU – VIADANNA – PASCOALICK – ACRISIO PAES CRUZ – JOÃO NEVES – SOARES – BRAGUINHA – DI CREDO – ALFREDO COLENCI –  LUCIO  e  inúmeros outros.

O pontapé inicial então foi dado e daí pra frente inúmeras diretorias se sucederam cabendo nesta oportunidade ao prezado JOÃO CHAVARI e seus pares de diretoria cuidar do patrimônio que lhes foi doado na ocasião.

 

=RELEMBRANDO – BRASINHAS X PONTE PRETA=

Manhã ensolarada de domingo, dia 07 de Setembro de 1988  e lá no belíssimo campo da Hidroplás, o combinado botucatuense das equipes infantis dos Brasinhas (do Meneguela), dos Dragõezinhos (do Zé Gragnani) e o nosso Expressinho, recebe a visita,  para uma partida amistosa, da equipe também infantil da Ponte Preta, famosa Macaca de Campinas.

É da entrega do troféu amizade efetuada pelo nosso capitão LEANDRO ROMANHOLI (do Chico) ao capitão pontepretano a foto acima que hoje selecionamos, podendo ser observados ainda, da esquerda para a direita, o GUILHERME (do Daia);  EU;  ZÉ ARANTES LINGÜIÇA (de fianco);  ANGELA (do saudoso Fernando);  GUEDINHO (da Domitília);  SILVIO (do Pibo) e o o também saudoso BATAGLIA com seus dois garotos na época.

            Tempos inesquecíveis de outrora, como é bom de relembrar…

 

=SE É FOTO É FATO=

Conforme foto anexa, naquele chiquérrimo clube da Capital, uma jovem senhora aprendia a jogar GOLFE com alguns amigos quando uma abelha pica seu braço.

Como um de seus amigos é médico ela lhe diz:

– Carlinhos, uma abelha me picou!

– Onde foi, querida?

– Aqui entre o primeiro e segundo buraco…

Ai vem a receita:

– Olhe bem queridinha, a sua maneira de dar a tacada está equivocada, pois você deve manter as pernas sempre juntas…

Coisas do esporte!!!

 

=EPÍLOGO=

“SE BATER EM MADEIRA AFASTASSE O AZAR, PICA-PAU NÃO ESTARIA EM EXTINÇÃO”.