Matando no Peito com Zé Airton – 26/01/2019

=RECORDAÇÃO – MD-30=

Bastante gratificante para nós recordar, pela foto anexa, da famosa equipe do MD-30 que por muitos anos marcou época no futebol de veteranos de nossa terra e na qual tivemos a oportunidade de atuar por um bom tempo.

Nela podemos observar, posando no campo da EAOSM o seu plantel daquela época assim alinhado:

DE PÉ: PAULO RANZANI – MOACIR – VEIGÃO – MARCIO LOTUFO – QUATI – TUTA – ZÉ AIRTON – BIÉ – CORULLI – DITO PEREIRA – PAULINHO CORNETA – FONSICO – PEDRO FERNANDES – CARLOS BREDA e o ARTUR SIMÕES.

ABAIXADOS: MASCOTES – JOÃO PIQUERA – ZAGUE – MERCIO MOREIRA – ADEMARZINHO – ZUCARI – JARBINHA – PAULO COCADA – CELESTRIM – GERALDÃO e o FAVORECEDORA.

Alguns desses amigos hoje moram no Céu…

 

=RELEMBRANDO – INFANTIL FEPASA 1989=

No final da década dos anos 90 acontecia lá na Botucatuense a tradicional Copa Super Zé de Futsal disputa essa que reunia as categorias menores das melhores equipes existentes na cidade, um verdadeiro desfile de jovens revelações para o esporte da bola pesada de nossa terra.

Dentre elas, destacamos nesta oportunidade a equipe Infantil da FEPASA que era dirigida pelo nosso saudoso amigo ARLINDO GRANADO e posa na foto anexa assim alinhada:

DE PÉ: ALEXANDRE ANGELA – LEANDRO GANDIN – SILVIO PIBO – GUSTAVO MENEGUELA – GRILO – JULIANO CALONEGO e o ARLINDO GRANADO.

ABAIXADOS: VINÍCIUS TICHAK – JUNINHO ARANTES – LEANDRO GRANADO – BIRO PILAN – WILLIAN e PIRLA.

Sem qualquer comparação ao nome era uma verdadeira MÁQUINA de jogar futsal.

 

=SE É FOTO É FATO=

Foto anexa nos relembra a magistral cobrança de penalidade máxima efetuada por nosso amigo ADEMIR PELICIA atuando pela Duratex em partida válida pelo famoso Torneio do DESAFIO AO GALO que acontecia todos os domingos pela manhã em São Paulo e era transmitido ao vivo pela TV RECORD.

Bola num canto… goleiro no outro (quase não saiu na foto) é prova inequívoca da habilidade no trato com a redonda que possuía e continua possuindo essa lenda viva do futebol botucudo, prezado FOGUINHO.

=EPÍLOGO=

“O AMOR NÃO É AQUILO QUE ENTRA NA SUA VIDA E MUDA TUDO DE LUGAR, O NOME DISSO É FAXINEIRA NOVA”