Matando no Peito, com Zé Airton – 23/03/2019

=RECORDANDO A.A.BOTUCATUENSE=

Em tempos passados, não muito distante, quando uma equipe se sagrava campeão em uma competição de vulto, era costume de sua Diretoria oferecer aos seus atletas a famosa FAIXA DE CAMPEÃO

Era marcada então uma partida amistosa contra uma equipe de fora e antes do pontapé inicial da mesma havia a solenidade da entrega das FAIXAS fato que relembramos pela foto anexa que registra o momento exato vivido por todo o plantel da A.A.BOTUCATUENSE que no ano de 1969 (século passado) se sagrou CAMPEÃO INVICTO DO TORNEIO RADIALISTA, podendo ser observados da esquerda para a direita:

TÉCNICO LAMIL SANTOS – MASSAGISTA MOACIR AMARAL –ATLETAS PEDRO BALALAICA – VÉIO GUANXUMA – CHICO ROMANHOLI – ÍNDIO TAVARES – FLAVIO SASSO – ZE AIRTON – ZAGUE – DADICO – ZECO SERRÃO – DIZÃO DALAQUA – BITINHA – ZÉ VAROLI – DUA ANGELA – QUIABO – FLAVIO DELMANTO – TONINHO PEREIRA – ARI ANTIGAS – CLAUDIO PEREIRA – ZÉ CARLOS VIEIRA….

Alguns desses amigos já nos deixaram e hoje moram no CÉU.

DESCANSEM EM PAZ.

=RELEMBRANDO – VERMELHINHOS E.C=

Ano de 1959, Ginásio do BTC lotado para presenciar a decisão do Troféu Bandeirantes de Futebol de Salão envolvendo a equipe da casa e do Vermelhinhos E.C., tradicional e querida agremiação lá da Floriano Peixoto, que na ocasião, conforme foto acima, trajando seu uniforme nº 2, alinhou com:

De pé: Saudoso fisioterapeuta Prof. ZÉ GUIMARÃES – Competente Técnico Prof. JOÃO RIBEIRO – Atletas: CARLOS TRABALHI – ADOLFO – ZÉ MARIA LEITE – DR. KEKO, perdão, digo JOEL SPADARO e o Árbitro da final OTACÍLIO ANTIGAS (JAPA).

Abaixados: Atletas EDSON – OVÍDIO TONIN – ZEZO FERRAZ e o ZÉ AIRTON.

Tempos áureos do antigo salonismo botucudo…

 

=SE É FOTO É FATO=

Década dos anos 50, jogaço de bola naquela tarde de domingo lá na Ferroviária e como sempre a única emissora local da época lá se encontrava para transmitir o evento.

Na narração, o vibrante locutor, prezado amigo, saudoso GILBERTO SILVA, que ao iniciar a jornada, para dar uma “floreada” ao espetáculo, lança lá da cabine improvisada:

– “Boa tarde gente do coração da gente”, hoje Acrísio Paes Cruz está mais parecendo um estádio inglês, pois temos aqui um “Fog Londrino” que mal nos permite enxergar o gramado…

Nem bem completou a frase e já veio lá de baixo a intervenção do atento e sempre contestador, também nosso prezado amigo, eficiente repórter volante NÉDER FILHO, que lascou lá de baixo:

-Isso não é “Fog” coisa nenhuma, Gilberto, é só a Maria Fumaça manobrando ali nos trilhos da Sorocabana, atrás do gol dos fundos!!!

Coisas do futebol…

                  

=EPÍLOGO=

“QUEM BATE PARA ENSINAR, ESTÁ ENSINANDO A BATER.”