Matando no Peito, com Zé Airton – 21/01/2017

 

=RELEMBRANDO – FEPASA=

Foi naquele feriado do Dia 1º de maio de 1978; portanto há 38 anos já passados, que o esquadrão formado por funcionários da FEPASA, posava em Acrísio Paes Cruz, para a disputa do Torneio dos Trabalhadores, assim alinhado:

Em pé: TICÃO – MAURO – ÍNDIO – CARLÃO – GALVANI – TONINHO SANTANA – CAVALHEIRO – NOEL e TIÇÃO (Técnico).

Abaixados: COLENCI – LAERTE – COZIDO – OVÍDIO – NIVALDO – LUIZ CARLOS e CAO.

Um verdadeiro celeiro de craques daquela época…

 

=RECORDANDO – SARTA MOITA=

Naquela ensolarada manhã de domingo no campo do Rodoviário lá no Lavapés com excelente platéia foi realizado o jogo de confraternização (casados x solteiros) entre os atletas, diretores e torcedores do tradicional SARTA MOITA de nossa cidade e naquela ocasião a equipe que envergava a jaqueta vermelha esteve assim constituída:

De pé: ZEZÉ – VICO – ALFREDO – JOAQUINZINHO – CELSO – LAUDELINO (o BAGUNÇA) – RENÊ ALVES – ROBERTO e o BÓ.

Abaixados: ZÉ – JOÃO EMILIO – BOLINHA – TOMÉ – ADEMAR – ?? e SAUDOSO WALTER CONTESSOTE.

Tempo bão não vortá mais…

 

=SE É FOTO É FATO=

Quem é que quando moleque não teve a oportunidade de participar dessas peladas em que os atletas eram identificados pelos uniformes tradicionais dos “sem e com camisa”.

No sempre eterno “par ou ímpar” os capitães das equipes decidiam quem tirava a camisa e o pega era iniciado, sendo que, por muitos anos joguei ali no Campinho do Salgueiro localizado ali nas margens do Ribeirão Lavapés.

Tempo bão que também não vortá mais.,.

 

=EPÍLOGO=

“SEMPRE QUE ESTENDERES AS MÃOS PARA AJUDAR, PERMITA QUE ELAS SEJAM ALCANÇADAS”…