Matando no Peito, com Zé Airton – 16-09-2017

Zé Airton
Matando no Peito, com Zé Airton – 16-09-2017 16 setembro 2017

 

 

=SE É FOTO É FATO=

Diretamente de nossa Redação o cronista esportivo ZÉ AIRTON, exclusivo do ACONTECE, prepara mais uma edição do Matando no Peito que nesta oportunidade irá focalizar:

 

=RELEMBRANDO –BLASI x AAB – Amistoso=

Ano de 1.958 e o BLASI F.C., equipe representante das tradicionais Indústrias Blasi de nossa cidade, após brilhante campanha conquista o título máximo do Campeonato Amador da Liga Botucatuense de Futebol.

Para comemorar o evento e receber as respectivas faixas é marcada uma bela festa que culmina com partida amistosa contra a A.A.Botucatuense, outro bicho papão do amador local da época.

A foto acima focaliza, posando em Antonio Delmanto, seqüencialmente intercalados os integrantes das duas equipes, podendo ser observados:

Em pé:  Diretor BIAGIONE – Madrinha TEREZA –  BABÃO –   VALDEMARZINHO –  SILVIO –  ZÉ MARIA LEITE –  MIXIRICA –  QUITÃO –   ITATINGA –  NENÊ RIBEIRO –  ERNESTO CONTE –  PERCÍLIO DEZAN –  FERRAZ –   ADOLFO  e  o Técnico ALÍPIO.

Abaixados:  CAMPOS –  MAURINHO SANTOS –  J. SEABRA –  PAULÃO –   TONINHO – Mascote CARLOS –  PEDRO BALALAICA –  ADEMAR MESSIAS –   HILÁRIO BARBIN –  ESTOPA  e  o  GAVIÚNA.

            Desses amigos vários já foram chamados pelo Senhor e descansam em Paz.

Quantas saudades!!

 

=RECORDANDO – SAT 64=

É da Sociedade Amigos do Tanquinho, famoso SAT, a equipe da foto acima que representava aquele populoso bairro no Campeonato Amador da cidade.

Posando no tapete verde de Antonio Delmanto, antes de mais um compromisso oficial, há 53 anos já passados, podemos observar:

Em pé: JOÃO PRETO – ROBERVAL – BIAZON – ZÉ NÉLO – CICIÁ e BAIANO.

Abaixados: SABARÁ – LUIZINHO – DERMINHO – GUELO e TARZAN .

            Nossa eterna homenagem, aos amigos que o Senhor já levou para seu Reino.

 

=NOSSO ESPORTE – NOSSA GENTE – TROFEU DIVIDIDO=

Foi naquela partida decisiva de um grande torneio futebolístico na cidade, que este pitoresco fato ocorreu:

No tempo regulamentar houve empate em 3×3; na prorrogação novo empate e como anoiteceu e o campo não era iluminado optou-se por realizar a decisão nos pênaltis, com a luz artificial oferecida pelos potentes faróis do carrão Lincoln-Pakar do nosso estimado “cumpadre” Zeco Serrão.

Bola vai bola vem e com tantas “feras” dos dois lados ninguém errava até que com o passar do tempo a bateria do “possante” arriou e o apagão foi geral.

Restava então a famosa decisão “cara ou coroa”, mas quando a moeda foi alçada para o alto pelo “juizão”, que já havia tomado “umas e outras”, na volta caiu numa poça d´água e sumiu.

Finalmente já tarde da noite, numa decisão inédita dos dois capitães, o TRO/FÉU foi serrado ao meio e cada um ficou com a sua metade, sendo que a parte que nos coube estava guardada na sede do clube “donde” infelizmente foi “surrupiada”.

Coisas do futebol!!!

                  

=EPÍLOGO=

COMERCIAL: “PRECISA-SE DE UMA BOA DATILÓGRAFA; SE FOR BOA NÃO PRECISA SER DATILÓGRAFA”…

 

 

 

 

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento