Matando no Peito, com Zé Airton – 09/06/2018

=RECORDANDO – BAIRRO ALTO E.C. – 1.979=

Pela platéia que lotou Acrísio Paes Cruz podemos ter uma idéia do que foi o futebol amador de nossa cidade num passado não muito distante. Posando naquele gramado no ano de 1979 podemos observar na foto anexa o plantel do glorioso B.A.E.C., famoso GALO DO ESPIGÃO, assim alinhado:

De pé: DIRETOR ZÉ FACIOLLI – TÉCNICO RICARDO DA IGRAL – ATLETAS ZÉ VAROLI – MOACIR – VALDIR – DITINHO – JOEL SILVESTRE – ZELÉ – QUATI – FURACÃO E TORCEDORES…

Abaixados: LUIZ CARLOS – LULINHA – JOEL GALHARDO – JAIR SILVESTRE – AVARÉ – TUTU – ADEMIR TREVISAN – DI PIERI…

Tempo bom, grandes craques e excelentes revelações….

=RELEMBRANDO – AAF JUVENIL=

Sempre foi tradição nos tempos de profissionalismo da A.A.Ferroviária, a manutenção de equipes de grande potencial nas categorias menores, para suprir suas necessidades emergenciais. Uma delas é a da foto acima que apresenta o plantel juvenil campeão na década de 70, naquela ocasião composto por:

Em pé: BATISTA – JAIR – ROMEU – TONINHO SANTANA – OVÍDIO – BANHA – BARRANCO e o ROQUE.

Abaixados: RENÊ ALVES – EDSON GUANXUMA – JOAQUIM – NARDO –  ZECO SERRÃO e o PAULINO DIEZ.

Garotos outrora, hoje ex-jogadores em atividade…

=SE É FOTO É FATO – M.V. GOLEIRO…=

No último domingo durante o bate-bola familiar da molecada tive a oportunidade de observar, defendendo uma das metas durante todo tempo, a presença do meu neto MARCUVI.

Então durante o almoço resolvi perguntar-lhe a razão de sua opção por essa posição o qual prontamente me respondeu: – “Pois é Vô Mala, essa vocação é de nascença, pois meu saudoso Avô materno ZÉ ROBERTO QUINTEIRO foi um grande goleiro e além disso o goleiro corre bem menos – pode colocar a mão na bola – não tem responsabilidade na hora do pênalti – pode fazer pose para fotos – usa a camisa diferente dos demais e é quase sempre o Nº 1 – vive saudavelmente alimentado pois só come carne branca (frango, peru e que tais)…

Dei-lhe total razão e fiquei matutando comigo mesmo “que garoto inteligente” pois no futebol melhor que isso é só ser colunista esportivo que entra de graça nos estádios; não leva pontapé; dá palpite na vida dos outros e ainda pode falar e escrever bobagens como esta….

 

=EPÍLOGO=

“JÓIA É DEUS, O RESTO É BIJOUTERIA”.