Matando no Peito, com Zé Airton – 08/04/2017

= A.A.BOTUCATUENSE=

Em tempos passados, não muito distante, quando uma equipe se sagrava campeão em uma competição de vulto, era costume de sua Diretoria oferecer aos seus atletas a famosa PHA, digo, FAIXA DE CAMPEÃO

Era marcada então uma partida amistosa contra uma equipe de fora e antes do pontapé inicial da mesma havia a solenidade da entrega das PHAIXAS fato que relembramos pela foto anexa que registra o momento exato vivido por todo o plantel da A.A.BOTUCATUENSE que no ano de 1969 (século passado) se sagrou CAMPEÃO INVICTO DO TORNEIO RADIALISTA, podendo ser observados da esquerda para a direita:

TÉCNICO LAMIL SANTOS – MASSAGISTA MOACIR AMARAL –ATLETAS PEDRO BALALAICA – VÉIO GUANXUMA – CHICO ROMANHOLI – ÍNDIO TAVARES – FLAVIO SASSO – ZE AIRTON – ZAGUE – DADICO – ZECO SERRÃO – DIZÃO DALAQUA – BITINHA – ZÉ VAROLI – DUA ANGELA -?- QUIABO – FLAVIO DELMANTO – TONINHO PEREIRA – ARI ANTIGAS – CLAUDIO PEREIRA – VIEIRA….

Alguns desses amigos já nos deixaram e hoje moram no CÉU.

DESCANSEM EM PAZ.

 

=RECORDANDO – FEPASA 1978=

Foi naquele feriado do Dia 1º de maio de 1978; portanto há 39 anos já passados, que o esquadrão formado por funcionários da FEPASA, posava em Acrísio Paes Cruz, para a disputa do Torneio dos Trabalhadores, assim alinhado:

Em pé: TICÃO – MAURO – ÍNDIO – CARLÃO – GALVANI – TONINHO SANTANA – CAVALHEIRO – NOEL e TIÇÃO (Técnico).

Abaixados: COLENCI – LAERTE – COZIDO – OVÍDIO – NIVALDO – LUIZ CARLOS e CAO.

Um verdadeiro celeiro de craques daquela época…

 

=SE É FOTO É FATO=

Foto anexa nos relembra a magistral cobrança de penalidade máxima efetuada por nosso amigo ADEMIR PELICIA atuando pela Duratex em partida válida pelo famoso Torneio do DESAFIO AO GALO que acontecia todos os domingos pela manhã em São Paulo e era transmitido ao vivo pela TV RECORD.

Bola num canto… goleiro no outro (quase não saiu na foto) é prova inequívoca da habilidade no trato com a redonda que possuía e continua possuindo essa lenda viva do futebol botucudo, prezado FOGUINHO.

 

=EPÍLOGO=

“NÃO CORRA  POIS MAIS VALE CHEGAR ATRASADO NESTE MUNDO QUE ADIANTADO NO OUTRO”. (pára-choque).